Top 15: Os maiores professores da ficção 1


32 Flares Facebook 14 Twitter 17 Google+ 1 Pin It Share 0 Email -- 32 Flares ×

igor_queiroz_top_15_professores_ficcao_topo.2013.10.15

Salve, salve nerdalhada! Aqui estamos mais uma vez com a série de posts Top 15, dessa vez em ritmo de comemoração daqueles que nos ajudaram a elevar o nosso grau de nerdice para outros níveis. Sim, estou falando dos professores. Esse post inicialmente era para ter sido postado ainda ontem, no dia dos professores, mas por questões técnicas acabou sendo adiado para hoje. Sendo assim, o Top 15 dessa semana terá os maiores professores da ficção. Não foi fácil selecionar os representantes mais indicados para esse Top 15, mas de certo esse que vos escreve fez o possível para agradar gregos, troianos e mais um continente de sua preferência (tudum tzz). Segue com a gente e vejam os felizardos!

15 – Sherman Klump – O Professor Aloprado

igor_queiroz_top_15_professores_ficcao_01.2013.10.15

Apesar do ator Eddie Murphy ter recebido (merecidamente, diga-se de passagem) o “prêmio” Framboesa de Ouro de pior ator da década, é inegável que esse seu personagem cômico tem lá o seu valor para a indústria cinematográfica. Apesar das críticas não terem sido tão favoráveis ao seu papel como o Professor Sherman Klump, o filme O Professor Aloprado acabou levando o Óscar de Melhor Maquiagem no ano de 1997. Então, acho justo dar a posição de 15º lugar para o tio Murphy.

14 – John Kimble – Um Tira no Jardim de Infância

igor_queiroz_top_15_professores_ficcao_02.2013.10.15

Costumo dizer que o tio Arnold Schwarzenegger usou Game Shark (sim, eu sou do tempo do Game Shark) na vida dele. Só isso explica o fato dele ter sido bem sucedido na vida como halterofilista, ator e político. Tudo isso no nível Extremely Motherfucker Hard, já que o cara era austríaco e falava um inglês que mais parecia aramaico. Como ator, o tio “Scwhuaza” não se restringiu apenas a papéis de brutamontes com poucas falas e muita carnificina (apesar desse ser claramente o seu forte), mas também atuou em papéis cômicos como foi o caso do filme “Um Tira no Jardim de Infância“, onde ele encarou o papel de John Kimble, um detetive disfarçado de professor de Jardim de Infância. Desnecessário falar o quão absurdo é a possibilidade de ter um professor de jardim de infância com os seus 1,87m, pesando mais de 100 kg e com um sotaque carregadíssimo, não é mesmo? Por isso ele leva merecidamente a décima quarta posição no nosso Top 15.

13 – Dr. Henry Walton Jones, Jr – Indiana Jones

igor_queiroz_top_15_professores_ficcao_03.2013.10.15

Hoje talvez ele não seja muito lembrado, mas na década de 80 o personagem Dr. Henry Walton Jones, Jr, mais conhecido como Indiana Jones, interpretado por Harrison Ford no auge de sua carreira, que já vinha provado seu valor nos episódios IV e V de Star Wars, foi um grande personagem da indústria cinematográfica Hollywoodiana. O professor de Arqueologia que além de professor era um exímio aventureiro, que tinha como itens inseparáveis a sua pistola, seu chicote e o seu chapéu. Por sempre ter sido uma ótima experiência de entretenimento e por ser cheio de referências que deixam os maçons em polvorosa, Indiana leva a décima terceira colocação.

12 – Senhor Miyagi  – Karate Kid

igor_queiroz_top_15_professores_ficcao_04.2013.10.15

Primeiramente bota para tocar Peter Cetera – Glory of Love. Feito isso, relembre todo o empenho e sagacidade do saudoso Senhor Miyagi, sendo interpretado pelo falecido Pat Morita, ao tentar treinar o jovem Daniel LaRusso nas artes marciais do Karatê. Apesar dessa música não ser do primeiro filme, não tem como não escutá-la e não lembrar do mesmo. Ao contrário do remake com o Jaden Smith (que eu também gostei, que fique claro), Karatê Kid é realmente um filme sobre um aspirante a lutador de Karatê e suas desventuras, e o tio Morita mandou muito bem no papel do icônico Senhor Miyagi. Pela memória e pela nostalgia, o maroto Miyagi leva a décima segunda posição.

11 – Professora Helena – Carrossel

igor_queiroz_top_15_professores_ficcao_05.2013.10.15

Se você, nobre leitor, assim como esse que vos escreve, tiver nascido em meados da década de 80, lembrará da graciosa e saudosa Professora Helena, interpretada pela atriz mexicana Gabriela Rivero, da novela também mexicana Carrossel que passava na SBT (ou SBesTeira como diria meu amigo Hugo). Tenho absoluta certeza que os ensinamentos dessa professorinha não passaram despercebidos pelos marmanjos da minha época, e que ela ajudou a formar muito caráter dessa molecada. Honradamente a professora Helena leva a décima primeira colocação.

10 – Professor Girafales – Chaves

igor_queiroz_top_15_professores_ficcao_06.2013.10.15

Na sequência temos mais um ator mexicano, Rubén Aguirre, mas dessa vez em um seriado de comédia muito conhecido aqui por essas bandas do Brasil chamado Chaves (que lá no México chamava-se El Chavo del Ocho). Aguirre interpretou por vários anos o personagem Professor Girafales, que mantinha estranhamente uma relação amorosa com a mãe de seu aluno Quico e fumava charutos (ahhh, os anos 70). Professor Girafales foi um verdadeiro ícone da TV aberta brasileira por longos anos, e até hoje é lembrado como o professor que ao perder a paciência gritava em alto e bom tom: TA-TA-TA-TA-TA!!!. Por aguentar aquela turma nada ordeira, Girafales levou para casa o décimo lugar no nosso Top 15.

09 – Professor Charles Xavier – X-Men

igor_queiroz_top_15_professores_ficcao_07.2013.10.15

Poucos personagens da ficção tem um foco tão grande em causas sociais como teve o Professor Charles Xavier. Sua missão não foi só reunir um grupo de mutantes para combater as ameaças da humanidade, foi também a de tentar incontáveis vezes mostrar que as duas raças poderiam viver em paz e harmonia. Por ser um idealista, ativista, sonhador e principalmente o maior defensor da causa mutante e da coexistência pacífica entre os mesmos e os demais humanos, o grande professor Charles Xavier encabeça a nona posição com louvor, já que ele é basicamente o Martin Luther King Jr da ficção.

08 – Dr Vegapunk – One Piece

igor_queiroz_top_15_professores_ficcao_08.2013.10.15

Tudo bem, ele não é exatamente um professor per se, mas convenhamos que não há como alguém ser cientista e não ser professor, afinal de contas os aprendizados de um cientista são repassados por gerações. E nesse aspecto, o personagem fictício Dr. Vegapunk, é um dos papéis mais importantes para a história  do universo do mangá/anime One Piece. Ele e o seu conhecimento científico 500 anos além da sua época, como já falaram uma vez, fez com que a ciência evoluísse de uma forma nunca antes imaginada. Devido a sua importância, o cientista até agora não mostrado no mangá, leva facinho a oitava posição.

07 – Professor Severus Snape – Harry Potter

igor_queiroz_top_15_professores_ficcao_09.2013.10.15

Só fui assistir o primeiro filme de Harry Potter quando já era barbado (mentira, eu nem tenho barba) e hei de dizer que nunca li um livro sequer da Sra. J . K . Rowling, mas o personagem Severus Snape é tão intrigante, e sei bem da sua importância para a literatura fantasiosa mundial, assim como para a cultura pop. Snape, que foi interpretado pelo ator Alan Rickman (mas também pelos Alec Hopkins e Benedict Clarke em diferentes idades do personagem), é de fato um personagem sombrio e sempre se mostrando ser um vilão light na maior parte do tempo, isso tudo só para ser mostrado como anti herói em seus últimos momentos. Pela sua complexidade e pela boa atuação de Alan Rickman, Severus Snape leva a sétima colocação.

06 – Dr Hiruluk – One Piece

igor_queiroz_top_15_professores_ficcao_10.2013.10.15

Eis outro personagem de One Piece, mas diferente do Vegapunk, o Dr Hiruluk tem a sua importância toda voltada para o crescimento do chapéu de palha Tony Tony Chopper, que através da sua medicina nada convencional, tentou exaustivamente curar todas as pessoas do Reino de Drum. Foi através dele que o Chopper aprendeu a importância da amizade e de como era ser amado por um pai. Vale lembrar que medicina mesmo, quem ensinou ao Chopper foi a Dra. Kureha. Pelos ensinamentos a um dos personagens mais carismáticos de One Piece, Dr Hiruluk leva o sexto lugar.

05 – Professor Albus Percival Wulfric Brian Dumbledore – Harry Potter

igor_queiroz_top_15_professores_ficcao_11.2013.10.15

Tão significante para a história de Harry Potter quanto o Professor Severus Snape, o Professor Albus Percival Wulfric Brian Dumbledore, mais conhecido apenas como Dumbledore, representa a sabedoria de Hogwarts e a mais pura bondade. Ele que foi interpretado nos cinemas inicialmente pelo ator Richard Harris, e posteriormente pelo ator Michael Gambon (sua versão mais nova pelo ator Toby Regbo), sem dúvida fez toda a diferença para o personagem de Harry Potter no que diz respeito a evolução. Por ser o eterno professor de Transfiguração e o melhor Diretor que Hogwarts já teve, o velhinho leva a quita posição do nosso Top 15.

04 – Professora Lu – Renascer

igor_queiroz_top_15_professores_ficcao_12.2013.10.15

Lhes contarei um segredo: Já houve um tempo em que esse que vos escreve assistia novelas. Mea culpa, mea culpa! E lá no ano de 1993, a Globo transmitia uma novela conhecida como Renascer. Foi lá que aprendi o que era “corpo fechado” e Pé de Jequitibá, que futuramente acabei descobrindo que daria o título da Boda de casamento mais duradoura, que no caso é a Boda de Jequitibá, que significa ter 100 anos de casado (e você pensando que o Who’s Nerd? não era cultura). Todo esse blá blá blá só para relembrar da inocente Professora Lu, interpretada pela falecida Leila Lopes, em um tempo onde ela não possuía olhar psicótico e não atuava em filmes voltados para o público adolescente adulto. Pela lembrança ancestral, e pelo conhecimento que vocês acabaram de adquirir, ela leva de quatro… a quarta posição (ui!).

03 – Walter White – Breaking Bad

igor_queiroz_top_15_professores_ficcao_13.2013.10.15

Ainda estou devendo assistir Breaking Bad até o seu último capítulo, mas mesmo assistindo apenas poucos episódios da primeira temporada, é absolutamente inegável o respeito que o personagem Walter White, interpretado por Bryan Cranston, merece. Afinal de contas, não é todo dia que se vê na TV (ou no NetFlix) um professor de Química com câncer terminal se tornar um gigante do narcotráfico apenas com seus conhecimentos em química e muita sagacidade. Por ser um professor badass e por ser o carro chefe de uma das poucas séries que terminou com a maioria dos fãs elogiando, Walter White leva a terceira colocação do nosso Top 15.

02 – Professor Raimundo – Escolinha do Professor Raimundo

igor_queiroz_top_15_professores_ficcao_14.2013.10.15

Confesso que essa lista tem um quê de saudosismo, mas esse personagem em especial tem vários motivos para estar nela. Primeiro por que esse que vos escreve é cearense e nada mais justo do que homenagear um conterrâneo. Segundo por que como humorista, Chico Anysio sempre foi um exemplo a ser seguido (veja esse vídeo e entenda o que estou falando). Terceiro por que o Professor Raimundo foi um personagem histórico para TV Brasileira, e eu fiquei muito PUTO quando a Globo resolveu tirar a Escolinha do Professor Raimundo para colocar aquele lixo televisivo conhecido como Malhação (quem lembra?). Por esses motivos ele leva sem fazer esforço o segundo lugar na nossa lista.

01 – Mestre Yoda – Star Wars

igor_queiroz_top_15_professores_ficcao_15.2013.10.15

Sendo um dos últimos Jedis vivos, e um dos que mais conheceu e entendeu a força, é inquestionável a importância do Mestre Yoda para toda a sextologia (por enquanto) de Star Wars. Ele que após a dominação dos Sith foi morar na inóspita Dagobah, acabou por treinar aquele que supostamente era o escolhido para salvar o universo da tirania Sith, o próprio filho do Lord Vader, Luke Skywalker. Digo supostamente por que no final das contas quem mandou o Lord Sith para as cucuias acabou sendo o tio Vader, ou como ele antes se chamava, Anakin Skywalker. Graças ao Mestre Yoda toda essa cadeia de eventos acabou acontecendo, e pela sua importância para a ficção científica e para a indústria cinematográfica, Yoda recebe honrosamente o primeira colocação.

  • carlos

    Achava a Leila Lopes linda. Nunca imaginei que ela fosse retroceder na vida, tão rapidamente!. Uma pena que não teve chance de se re-erguer!.