Ode ao Pai, ode ao herói. 2


26 Flares Facebook 21 Twitter 4 Google+ 1 Pin It Share 0 Email -- 26 Flares ×

igor_queiroz_ode_ao_pai.2013.10.01

Salve, Salve, nerdalhada. Esse post é um post atípico, pois um evento atípico ocorreu. Evento esse que se deu pelo falecimento do pai desse que vos escreve nessa fatídica data de Sexta Feira, dia 27 de Setembro de 2013, data essa que ficará para sempre marcada como a mais triste a ser lembrada.

Mas em homenagem ao meu pai, que tão sereno e bondoso era, que sempre estava com um sorriso estampado no rosto, não irei lembrá-lo aqui de forma tristonha. Não. Decidi eternizá-lo nesse pequeno espaço online, que atende pela url de whosnerd.com, de uma forma alegre, como ele bem merecia e gostaria. Nesse texto em formato de ode, tentarei descrever o que meu pai representou e sempre representará para mim.

Ode ao Pai, ode ao herói.

Naturalmente, resgatando até onde a memória é capaz de alcançar,
é inevitável lembrar da sua chegada rotineira nas noites de todos os dias.
O abraço apertado, as palavras doces, o carinho evidente.
Àqueles eram dias infantes, mas àqueles mesmos fizeram toda a diferença.
Da preocupação ao incentivo a leitura, até os ensinamentos da humildade.
Aliás, humildade poderia ser o seu sobrenome, pois isso ele possuía de sobra.

Foi nesses tempos infantes que ele me apresentou ao meu hobby predileto.
O que para alguns poderia ser banal, para mim foi momento marcante. Decisivo.
Num final de tarde, ao sair da aula, ele me apareceu com o meu novo “brinquedo”.
Para entender a minha alegria, basta saber que nada em nossa família veio fácil.
Assim ele continuava a me ensinar, fosse com ensinamentos da vida, ou a simples atenção.
Num dia nublado, trouxe uma notícia trágica, e mesmo assim com toda a sua eterna ternura.

Assim foi sendo construída a melhor relação pai e filho que tenho notícia.
Mesmo com todas as dificuldades que um homem na posição de pai pode ter, ele sorria.
Sorria como se nunca houvesse problemas, como se tudo estivesse como devia estar.
A sapiência desse homem transcendia a minha mortal compreensão.
Sou grato a esse homem como jamais fui a nenhum outro.
Espero um dia ser um pai tão bom quanto ele foi para mim e minhas irmãs.

Obrigado por ter me ensinado a ser um homem melhor, pai.
Obrigado por ter me ensinado como ser o melhor pai, meu paizinho.
Obrigado por ter orgulho até das coisas que nem eu mesmo sabia saber, papai.
Obrigado por me dar forças até quando mesmo nem o senhor tinha, painho.
Obrigado por ser, inquestionavelmente, o melhor pai do mundo, meu pai.
Obrigado por tudo, André Luis de Queiroz, meu pai, meu herói.

Se o senhor estiver certo ( e eu espero de coração que esteja ), nos vemos logo mais, meu paizão. See you in another life, father!

  • Renata Fernandes de Queiroz

    Lindo Igor! Com certeza, foi o melhor PAI e HOMEM que eu conheci. Agradeço Todos os dias por ter tido a oportunidade ter vivido ao seu lado.

    • Sem dúvidas @renatafernandesdequeiroz:disqus nosso pai foi um excelente pai, um excelente homem, e tento sempre me espelhar nele para ser uma pessoa melhor. Hoje ficam as boas lembranças e uma saudade sem fim do nosso herói.