O que sabemos até agora sobre o PS4 (o novo console da Sony) 2


20 Flares Facebook 16 Twitter 3 Google+ 1 Pin It Share 0 Email -- 20 Flares ×

igor_queiroz_ps4_dualshock_4_01.2013.02.25

Salve, salve, nerdalhada, e cá estamos com um acervo de informações sobre a grande notícia da semana passada: O aguardado PS4 (ou Playstation 4 para os puristas).  Como já era esperado por muitos, depois da enxurrada de imagens de possíveis modelos do novo DualShock que foram divulgadas dias antes da conferência da Sony, não foi lá grande novidade o anúncio do 4º console da gigante japonesa (apesar que o console em si, nem deu as caras por lá). Mas sem mais delongas, saibam tudo e mais um pouco sobre o novo (e parrudo) console da nova geração de consoles.

O grande console da 8ª geração se apresenta: Conheçam o PS4 (ou partes dele)

Para começar falando do console que ainda não foi apresentado fisicamente, falemos primeiros dos aspectos de hardware, que é o interesse de muito marmanjo sedento por tecnologia de ponta.

Especificações técnicas:

  • Arquitetura x86 64-bit
  • 8GB de GDDR5 memória RAM de alta velocidade
  • USB 3.0
  • Blu-ray/DVD drive
  • HD (informação ainda não divulgada)
  • Capaz de 1.84 trilhão de cálculos de pontos flutuante por segundo.
  • Bluetooth 2.1
  • 802.11b/g/n wi-fi

Outras informações:

  • Preço: A Sony ainda não divulgou (mas tenham medo das lojas Americanas)
  • Lançamento: No período natalino de 2013
  • Retrocompatibilidade com o PS3: Não (futuramente talvez via Gaikai)
  • Retrocompatibilidade com o PS3 via jogos da PSN:  Não (também talvez via Gaikai)
  • Suporte a Free-to-play: Sim
  • Pacote Vita/PS4: É possível
  • Jogos usados: Vão funcionar no PS4 (não confundir com jogos usados do PS3)

A promessa do PS4 é a de que com seu processador integrado com a sua unidade gráfica faça com que o console consiga gerar uma comunicação entre as unidades bem mais rápida, que traduzindo em linguagem comum, faria com que os gráficos de seus jogos consigam processar bem mais rápido a ninharia de polígonos espalhados pelo cenário.

Dualshock 4: A Revanche!

igor_queiroz_ps4_dualshock_4_02.2013.02.25

Dessa vez a Sony não divulgou o sacrilégio que foi aquele joystick imoral no formato de bumerangue. A Sony é conhecida por ser conservadora ao que diz respeito a interface de seus produtos, o Dualshock 4 só reforça essa minha afirmação. Apesar de ter similaridades notáveis com seus antecessores, dessa vez a Sony resolveu dar algumas características interessantes ao seu joystick, e essas estão logo abaixo.

Características do Dualshock 4:

  • Design bastante similar ao DualShock 3
  • Sensor de movimento herdado do Six-axis
  • Painel frontal com tecnologia de toque
  • Luz LED multicolorida na barra superior
  • Caixas de som embutidas
  • Plug embutido para headphone
  • Botão de Options substituindo as funcionalidades dos antigos Start e Select
  • Botão Share para acessar atividades sociais

Dessa vez a Sony foi além do esperado, na hora de trazer uma nova versão do Dualshock. E eu não digo além no sentido de reinventar a forma como jogamos, como a Nintendo bem fez ao nos trazer o Wii Mote, eu falo da perspectiva de quem conhece a empresa e sabe das suas limitações quanto a inovações. Todas essas novas funções inseridas no novo joystick da Sony, podem adicionar bastante a experiência do jogador (se bem utilizadas, é claro).

Com a Luz LED superior, será mais fácil identificar quem é quem em partidas multiplayers “on site”, assim como as caixas de som embutidas poderão adicionar mais algumas coisinhas ao gameplay de jogos que saibam fazer bom uso desse adicional. E convenhamos, poder plugar um headset no controle e jogar na paz do seu conforto sem incomodar ninguém, vai ser bastante útil, concordam?

E essa Playstation 4 Eye, é o novo Kinect ou não é?

igor_queiroz_ps4_playstation_4_eye_02.2013.02.25

Bem, basicamente sim. Pois ela, com suas duas câmeras, consegue identificar profundidade, e assim como o periférico da Microsoft, também consegue detectar perfeitamente os jogadores sem que os mesmos precisem de mais nada. Além das duas câmeras, a Playstation 4 Eye possui 4 microfones que são capazes de detectar de onde vem a fonte do som.

Quem possui os controles de movimento do PS3 (PS Move), não precisam se preocupar, os mesmos continuarão funcionando no PS4 (o mesmo não pode ser dito sobre o Dualshock 3), o que não deve fazer muito sentido, já que o periférico irá funcionar de forma deveras semelhante ao Kinect. Veremos.

Além disso a Playstation 4 Eye é capaz de perceber a posição dos Dualshock’s 4 através das já mencionadas luzes LED na parte superior do joystick.

E a Nuvem? Vai chegar com tudo mesmo?

Com a compra da Gaikai em Julho do ano passado, era óbvio que a Sony iria investir pesado nessa vertente. E futuramente será possível jogar os clássicos dos seus consoles mais velhinhos (PS1, PS2 e PS3) via streaming, sem a inconveniência de precisar baixar um arquivo físico completo para só então jogá-lo.

Através da Nuvem também será possível rodar jogos do PS4 diretamente no seu portátil PS Vita, além de outras adições que a Sony está pretendendo proporcionar.

E quanto ao acervo de jogos para PS4? O que temos?

Bem, por ora são apenas alguns anúncios de jogos para o console, mas até o final do ano, a expectativa é de que muita coisa nova e boa apareça por aí. Esses que vos escreve começa a imaginar que The Last Guardian acabará saindo para o PS5. Isso mesmo que vocês leram, PS5!

Abaixo os jogos anunciados (com os devidos links para os seus trailers):

[via GamesBeat]

  • JeffCaio

    kkkk o lance da Lojas Americanas é real mesmo?? nossa que ‘bug’. kkkkkkkk

    • Sim sim, na época de lançamento do PS3 lá nos EUA, as lojas americanas tiveram a cara de pau de lançar o PS3 com “exclusividade” por essa bagatela aí. Na época que o PS3 tinha retrocompatibilidade com o PS2.