Sana Fest 2013: Coletiva de imprensa com o Jovem Nerd 2


25 Flares Facebook 13 Twitter 3 Google+ 9 Pin It Share 0 Email -- 25 Flares ×

helosa_araujo_jovem_nerd_sana_fest_01_2013.01.26

[Fotografia Helosa Araújo]

Lambda, Lambda, Nerds… ops, errei a chamada! Nerdalhada, foi uma honra participar de uma coletiva de imprensa com o pessoal do Jovem Nerd. Se você acompanha o nerdcast onde Alottoni e Azaghâl (o anão) junto com os convidados falam sobre os mais variados assuntos, sempre com aquele toque nerd e cômico, você pode ter certeza que pessoalmente eles não mudam absolutamente nada. Com muita simplicidade e carisma os caras mandaram muito bem na coletiva, e acompanhem abaixo o que rolou por lá.

Lambda, Lambda Nerds, é o Jovem Nerd e Azaghâl no Sana Fest 2013

Primeiramente os caras foram indagados sobre como tudo começou, aquela velha curiosidade de todo mundo. Para quem não sabe, no começo do Jovem Nerd, tudo ainda era muito amador, e os tão conhecidos nerdcasts só vieram a tona anos após a sua criação. O próprio Azaghâl só se associou ao Jovem Nerd dois anos após ele ter nascido. Eles contaram que no começo o Azaghâl tinha um outro blog, e um ficava zoando o outro, antes de eles levarem a sério essa coisa de blogar. Os conteúdos iniciais dessa parceria eram basicamente fotonovelas, onde eles faziam fotomontagens e escreviam textos abaixo.

helosa_araujo_jovem_nerd_sana_fest_02_2013.01.26

helosa_araujo_jovem_nerd_sana_fest_03_2013.01.26

Depois de algum tempo nessa “brincadeira”, eles resolveram levar a sério, e criaram uma empresa, profissionalizaram o negócio, e eventualmente criaram os já conhecidos nerdcasts. Mas falaram também que o Jovem Nerd nunca foi viralizado, e seu crescimento dependeu sempre do boca a boca, em um ritmo mais lento do que outros blogs da interwebs.

Ainda falando sobre o nerdcast (já que é o carro chefe deles mesmo, ora bolas), o mesmo nasceu de uma necessidade de criar novas mídias, com o diferencial de atingir um público de nicho de forma bem humorada e sempre prezando pela máxima qualidade possível, como bem disse o amigo Alottoni. Mais tarde, assim como aconteceu com o nerdcast, vieram outras necessidades de expandir o conteúdo deles em outras formas de comunicação, e aí vieram os conhecidos videocasts do Jovem Nerd, que se dividem entre o Nerd Office e o Nerd Player, como vocês provavelmente já devem estar cansados de saber. Todos eles sempre focados no humor, vale salientar.

Uma curiosa pergunta surgiu, sobre o processo de contratação de pessoal para a empresa Jovem Nerd, ao qual o Alottoni, mais conhecido como Jovem Nerd, falou sobre um caso infeliz, onde eles contrataram um fã para trabalhar na Nerd Store, e essa experiência acabou sendo um fiasco, já que o energúmeno contratado pensava que o trabalho iria ser pura brincadeira e diversão, fugindo das burocracias já conhecidas das empresas formais. O Jovem Nerd até comparou o caso com um episódio de Simpsons, onde o Bart vai até a revista Mad na intenção de trabalhar lá, clica nesse link, e você vai entender (ou não).

helosa_araujo_jovem_nerd_sana_fest_04_2013.01.26

A trupe do Jovem Nerd também foi questionada sobre o porquê deles terem terceirizado tarefas antes feitas por eles, como blogar, editar os podcasts e etc, a resposta não teria como ser mais clara e óbvia: Falta de tempo! Como eles acabavam perdendo muito tempo com essas atividades triviais, e eles precisavam focar em novos projetos, nada mais justo do que terceirizar essas atividades, e por isso que hoje eles tem os parceiros que eles confiam bastante e trabalham com eles.

Um ponto interessante da coletiva foi quando perguntaram se eles já haviam passado por alguma crise, como ter pensado em desistir do projeto. Alottoni disse então que houveram momentos em que eles duvidaram da causa, momentos esses que ora esse sentimento partia dele mesmo, e ora partia do Azaghâl, mas por sorte os dois sempre se mantinham firmes e apoiavam um ao outro para que o projeto continuasse, e hoje eles devem agradecer a Zeus por terem acreditado, já que o ganha pão deles de hoje é todo devido ao Jovem Nerd e suas empreitadas.

helosa_araujo_jovem_nerd_sana_fest_05_2013.01.26

Como de praxe, foram questionados também sobre a fama, ao que eles responderam que são bem tranquilos em relação a isso, e levam uma vida normal, sem muitas preocupações quanto ao assédio. Apesar de ter havido um caso de um fã pentelho, que imitava o Sílvio Santos (que fique claro que esse fã não sou eu), e que ligava para eles em horas impróprias e que causava um certo desconforto, mas nada muito sério.

Por último falaram sobre a Nerdbooks, publicadora oficial do Jovem Nerd, onde já lançaram vários livros conhecidos da nerdalhada brasileira, como A Batalha do Apocalipse do Eduardo Spohr, ou o recente Independência ou Mortos do Abu Fobiya. Eles falaram que fora o caso do A Batalha do Apocalipse, que é um projeto inteiramente do Spohr, em outros livros como o próprio Independência ou Mortos ou o Protocolo Blue Hand, eles sempre se envolvem no processo criativo, o que levou inclusive a mudar o final do Independência ou Mortos.

Em suma, a coletiva do Jovem Nerd foi muito boa, e foi um prazer ver de perto os caras da cena nerd brasileira. Amanhã tem mais Sana Fest, e teremos mais coletivas com convidados especiais, e, talvez, algumas surpresas… 😀

helosa_araujo_jovem_nerd_sana_fest_06_2013.01.26

  • Cristiano Bandeira

    Queiroz!!! Parabéns cara!!! Mais uma vez o Who’s Nerd detonando!!! Muito sucesso para você!

    • Valeu @google-20f10e3fb992be2ae70ee56820af8a18:disqus estamos na luta para chegar cada vez mais alto, né? 😀