Sneakers Shutz, a nova paixão das mulheres de todo o mundo 1


6 Flares Facebook 0 Twitter 4 Google+ 2 Pin It Share 0 Email -- 6 Flares ×

Sneakers

Como sabem, trabalho com fotografia, e uma das minhas paixões é a moda. Ontem, durante o coquetel de inauguração da loja Shutz aqui em Fortaleza, me deparei com os famosos Sneakers, e já posso afirmar: foi paixão a primeira vista (e em todas as cores, formas e tamanhos).

Os sneakers trazem em sua veia (na veia, nas características e no nome) o estilo skatista. Que apesar de ser bastante marcante, ele pode ser super adaptado em muitos looks (em uma moda tão versátil que temos hoje em dia, muitos estilos acabam se misturando), e eu aprovo essas misturas. Dica: Romântico + Skatista.

Sabemos que a Shutz é uma marca tradicional de sapatos, que também denomina um estilo de mulher que a usa. Ousada, irreverente, desinibida são algumas das milhares características dessas mulheres, que e eu também acredito que o sneaker completa e ainda adiciona novas outras características, que vão denominar também o seu estilo de vida.  A  grande prova disso, é que além de carregar o estilo skatista, é que o sneaker não é apenas mais um tipo de tênis, ele possui um salto interno de 8cm. Ou seja, é super feminino e independente do seu look, você sempre estará com muito estilo.

sneaker artistas

Muitos famosos já aderiram essa novidade, uma delas é a diva Beyoncé, que em um dos seus clips usa o já queridinho sneaker.

Já quero ser diva de sneakers! 😉


Sobre Helosa Araújo

Graduada em Publicidade e Propaganda e especialista em Moda e Comunicação pela Universidade de Fortaleza, eterna estudante e pesquisadora (tendo como principais temas a fotografia, sociedade, cultura e etnias) e dona do blog Tem Na Fotografia. Teve seu primeiro contato com a fotografia (propriamente dita) em 2005 e depois de trabalhar em vários setores da comunicação se entregou aos clicks em 2007 e hoje não sabe ver uma cena sem um determinado olhar crítico pensando em uma forma de enquadrá-la. Profissionalmente falando, Helosa vivia dividida entre várias categorias da fotografia, passeou como freelancer pela fotografia Social, de Moda, Publicitária, Newborn e Documental, hoje, repórter fotográfica do jornal Diário do Nordeste tenta cumprir o seu papel de comunicadora visual usando a fotografia como sua principal ferramenta.

  • Mais feio que bater na mãe.