Tem na Fotografia: COOLPIX P310, o equipamento que estava procurando


9 Flares Facebook 4 Twitter 3 Google+ 2 Pin It Share 0 Email -- 9 Flares ×

helosa_araujo_coolpix_p_310_01.04.05

Mais uma sexta de maravilhas fotográficas – Dessa vez eu trago um lançamento (levemente tardio) de uma compacta da NikonCOOLPIX P310. Como muitos vêm até a mim para pedir sugestões de compras, dicas de câmeras e demais equipamentos fotográficos, vou aproveitar o momento para também ajudá-los.

Hoje encontramos no mercado milhares de opções e uma mais tentadora que a outra, então, nesse momento eu tento ser prática. E já vou logo de cara afirmando que essa câmera, apesar de ser uma compacta com lentes fixas (o que para muitos é algo muito bom – repeat) ela é potente e não se pode julgá-la pela sua aparência NADA robusta.

helosa_araujo_coolpix_p_310_02.04.05

Ela é pequena, simples, fácil de usar, porém, tem um lindo sensor avançado conhecido como CMOS (o que a torna uma câmera leve e rápida), com seus 16.1 MP. e uma abertura de f/1.8 na lente, ajuda (e muito) a captura de imagens a noite ou em ambientes fechados (sem contar com a alta qualidade que possui).

Outras características merecem seu reconhecimento: Lente clara com várias opções de FOCO automático (podendo ter até 99 pontos focais), ISO de 100 a 3200, opção VR (para colaborar com a estabilidade – sem borrar suas imagens), captura de vídeo em Full HD (1080p) com áudio estéreo e o modo Fotografia 3D (para quem curte fotografias criativas).

helosa_araujo_coolpix_p_310_03.04.05

Uma câmera super leve, pequena, ágil, fácil de usar, mas com ótima qualidade de resolução e tecnologias avançadas (para uma compacta). Se procura uma companheira de aventura, para imagens em movimento, retratos a qualquer hora do dia, em qualquer lugar, viagens, passeios e etc., essa seria uma ótima escolha!

helosa_araujo_coolpix_p_310_04.04.05

Mais detalhes no Tem Na Fotografia.


Sobre Helosa Araújo

Graduada em Publicidade e Propaganda e especialista em Moda e Comunicação pela Universidade de Fortaleza, eterna estudante e pesquisadora (tendo como principais temas a fotografia, sociedade, cultura e etnias) e dona do blog Tem Na Fotografia. Teve seu primeiro contato com a fotografia (propriamente dita) em 2005 e depois de trabalhar em vários setores da comunicação se entregou aos clicks em 2007 e hoje não sabe ver uma cena sem um determinado olhar crítico pensando em uma forma de enquadrá-la. Profissionalmente falando, Helosa vivia dividida entre várias categorias da fotografia, passeou como freelancer pela fotografia Social, de Moda, Publicitária, Newborn e Documental, hoje, repórter fotográfica do jornal Diário do Nordeste tenta cumprir o seu papel de comunicadora visual usando a fotografia como sua principal ferramenta.