#FacePalm para o Guilherme Gamer em “A Comunidade Youtuber de Games”


8 Flares Facebook 0 Twitter 6 Google+ 2 Pin It Share 0 Email -- 8 Flares ×

igo_queiroz_guilherme_gamer_facepalm.23.04

“Há mais coisas entre o céu e a terra do que supõe nossa vã filosofia”. uma vez disse um personagem qualquer de uma obra de William Shakespeare. Me aproveito das palavras de Shakespeare para parodiá-las assim: “Há mais idiotices entre o céu e a terra do que supõe a nossa avantajada ingenuidade”. Por que me falta palavras para falar sobre o tanto de asneiras vomitadas nesse vídeo abaixo.

Entendam, não tenho nada contra o moço supracitado em especial, respeito o trabalho do cara e  já até cheguei a postar aqui um vídeo dele sobre o 1° Fórum nacional do comércio de games do Brasil, achando que o assunto é pertinente aos que frequentam o Who’s Nerd?. Mas convenhamos, esse vídeo tem uma sorte de conteúdo sem sentido, que vou lhe constar… chega a ser risível.

Primeiramente, quem disse que há uma família gamer de youtubers? Na verdade, o que diabos isso significa? Ser pioneiro (por assim dizer) de alguma coisa, não lhe faz dono de uma comunidade, ainda mais quando nem a mesma se enxerga dessa forma. O vídeo mais parece um desabafo ordinário, de alguém que se sente incomodado pela concorrência. Se o vlogger, ou youtuber, ou seja lá o que for, tem a única intenção de faturar uns trocados com os seus vídeos, bom pra ele.

Me espanta ver que em nenhum momento desse mimimi foi posto em questão a qualidade do conteúdo apresentado, o que aí sim seria um argumento válido. O que foi apresentado foi um mimimi sem fim a respeito de quem veio primeiro, e quem tá curtindo o sucesso na crista da onda.

O Yuri Grecco, conhecido pelo vlog EuAteu, resolveu fazer uma paródia desse vídeo do Guilherme Gamer. E sinceramente, achei muito bem colocado. Quem faz um trabalho bom, honesto e de qualidade, não haveria de se preocupar com o crescente número de “youtubers” de games. A não ser é claro que esse número viesse acompanhado de qualidade superior ao seu trabalho, aí sim, você deveria se preocupar no mínimo em melhorar o seu conteúdo. #FicaADica