Tem Na Fotografia: Sony lança sua nova Alpha SLT-A57


6 Flares Facebook 0 Twitter 4 Google+ 2 Pin It Share 0 Email -- 6 Flares ×

Já virou tradição essa palavrinha Alpha para a Sony, tradição essa que só mantém o nome, porque suas características e design mudam a cada novo lançamento, e esse vem para substituir a famosa SLT-A55, conhecida por ser uma das primeiras câmeras Alpha a adotar a tecnologia do espelho translúcido, o que trouxe inovações para o mercado na época (claro que de lá pra cá já vieram tantos outros lançamentos que ficou apenas o marco na história).

helosa_araujo_sony_alpha_slt_a_57.13.04

A nova Sony vem com 16MP, autofocus com 15 pontos focais (podendo ser aproveitados também no modo vídeo), 12 fotos por segundo no modo contínuo (usando apenas 8MP) e captura vídeo em full HD (o que eu costumo dizer que já é combinação indispensável em toda e qualquer câmera).

Existe um pequeno preconceito com relação a aceitação de uma câmera como essas no mercado profissional. A verdade é que, nós realmente precisamos de uma câmera levemente mais equipada do que essa para certas atividades e categorias de click, o que eu posso afirmar com relação a sua evolução, é que os modelos Alpha estão atingindo um patamar com características profissionais, sem dúvida. A questão é que esse não é o objetivo, se pararmos para pensar, a Sony, com a capacidade japonesa que tem, pode muito bem caprichar ainda mais nos seus equipamentos, mas o que ela quer é atingir um nível mais acessível e de fotógrafos amadores que desejam fotografar e filmar a família, ou por hobby.

E vou dizer uma coisa, é uma ótima escolha. Além de tudo, a nova câmera da marca vem pro mercado americano por US$ 700 só o corpo, sendo US$ 800 o kit com a lente 18-55mm. Super Indico! 😉

Veja a análise completa no Tem Na Fotografia


Sobre Helosa Araújo

Graduada em Publicidade e Propaganda e especialista em Moda e Comunicação pela Universidade de Fortaleza, eterna estudante e pesquisadora (tendo como principais temas a fotografia, sociedade, cultura e etnias) e dona do blog Tem Na Fotografia. Teve seu primeiro contato com a fotografia (propriamente dita) em 2005 e depois de trabalhar em vários setores da comunicação se entregou aos clicks em 2007 e hoje não sabe ver uma cena sem um determinado olhar crítico pensando em uma forma de enquadrá-la. Profissionalmente falando, Helosa vivia dividida entre várias categorias da fotografia, passeou como freelancer pela fotografia Social, de Moda, Publicitária, Newborn e Documental, hoje, repórter fotográfica do jornal Diário do Nordeste tenta cumprir o seu papel de comunicadora visual usando a fotografia como sua principal ferramenta.