Não é Eu Robô, mas o carro está no modo automático


7 Flares Facebook 1 Twitter 4 Google+ 2 Pin It Share 0 Email -- 7 Flares ×

igor_queiroz_carro_autônomo.30.03

No filme Eu, Robô, com o canastrão Will Smith, havia todo aspecto futurístico baseado nas genialidades de Isaac Asimov e suas 3 leis da robótica, e uma dessas coisas futurísticas eram os carros autônomos, que como o nome já diz, não precisariam de nenhum condutor. Como toda ideia dita futurística, ficou aquele sentimento de que tudo aquilo estava muito longe de acontecer.

Então vem o Google, com seus planos de dominar o mundo, e nos mostra o tal veículo autônomo e pilotado (se assim podemos dizer) por um cego.  O tal cego, chama-se Steve, e Steve perdeu 95% da sua visão, logo, é tecnicamente cego. O veículo do Google é controlado unicamente por um computador e já completou 320 mil quilômetros rodados.

O projeto, obviamente, ainda é um protótipo, e ainda está um tanto quanto longe de ser comercializado, mas a longo prazo, já dá para vislumbrar como será o futuro dos meus netos (talvez), onde você poderá tranquilamente traçar a rota para o seu trabalho enquanto vai jogando o seu jogo favorito, ou lendo o seu livro do momento. Bem vindo, oh futuro, eu te curto!

[via GizmodoBR]