Tem na Fotografia: Nikon D800 1


6 Flares Facebook 0 Twitter 4 Google+ 2 Pin It Share 0 Email -- 6 Flares ×

helosa_araujo_nikon_d800.16.03

Ultimamente a queridinha dos fotógrafos, Nikon, vem lançando um equipamento mais surpreendente que o outro. Mudando os conceitos, apresentando novos recursos e possibilidades. Sem contar de favorecer a  facilidade do dia a dia de um profissional. E essa câmera é um exemplo disso que tudo que vem acontecendo. Trazendo novas formas de se equipar, novas nomenclaturas e sem dúvida não é nada com o que possivelmente ainda estar por vir.

A nova Nikon D800 traz um novo sensor, FX full frame, captura de videos Full HD e saída HDMI tem qualidade de 36,3megapixels, obturador com durabilidade de 200 mil disparos, entradas para dois tipos de cartão de memória, ISO de 100 a 6.400, podendo expandir para 25.600 e um processador EX-PEED 3, que além de ajudar na velocidade de captura na imagem ajuda também no desempenho geral da câmera.

São muitos detalhes que mostram o quanto essa câmera vale cada centavo dos seus US$ 3 mil (estimativa) o corpo. Claro, estamos falando de uma câmera destinada aos profissionais, não é uma câmera que compramos para tirar fotografias com os amigos ou experimentar a fotografia autoral, pois ela usa e abusa dos recursos exigidos principalmente daqueles que desenham com a luz.

helosa_araujo_nikon_d800_01.16.03

E o que chama mais atenção é que essa queridinha traz uma nova forma de classificar ou denominar essa série de equipamentos fotográficos que servem como equipamentos de filmagem profissional. Deixando de ser conhecida como uma DSLR, passa a ser conhecida como HD-SLR. O que faz todo sentido, não acham? Afinal, antes o que era uma câmera fotográfica que podia complementar com pequenos recursos de filmagem, agora filmam com toda a grandeza de uma filmadora profissional.

Veja a análise completa do produto no Tem Na Fotografia.


Sobre Helosa Araújo

Graduada em Publicidade e Propaganda e especialista em Moda e Comunicação pela Universidade de Fortaleza, eterna estudante e pesquisadora (tendo como principais temas a fotografia, sociedade, cultura e etnias) e dona do blog Tem Na Fotografia. Teve seu primeiro contato com a fotografia (propriamente dita) em 2005 e depois de trabalhar em vários setores da comunicação se entregou aos clicks em 2007 e hoje não sabe ver uma cena sem um determinado olhar crítico pensando em uma forma de enquadrá-la. Profissionalmente falando, Helosa vivia dividida entre várias categorias da fotografia, passeou como freelancer pela fotografia Social, de Moda, Publicitária, Newborn e Documental, hoje, repórter fotográfica do jornal Diário do Nordeste tenta cumprir o seu papel de comunicadora visual usando a fotografia como sua principal ferramenta.

  • pena que só tem na vitrine, melhor nem na vitrine…….lá fora ……não tem nem pra remédio…….é doloroso falar da Nikon com pesar, seu lançamento se deu  no final de março; eu nikomaníaco…………meus sentimentos e a sua previsão de chegada ao mercado ainda muito pior, continuo é uma pena uma empresa desse porte com tanta dificuldade;sei que passaram uns mal bocados;mas não nos deixe com água na boca…..ou então nem promovam aquilo que não tem para entregar.