Nintendo Wii – Ainda vale a pena comprar um? 2


15 Flares Facebook 7 Twitter 5 Google+ 3 Pin It Share 0 Email -- 15 Flares ×

 

Olá novamente, caro leitor. O que vou descrever aqui é uma experiência recente com o console, ainda atual, da Nintendo. Se você abriu esse post, possivelmente essa dúvida lhe passou pela cabeça em algum momento e provavelmente, lhe ocorreu recentemente. Mas depois de tantos “mentes”, nos vemos frente também ao seguinte pensamento: “Ah, o Wii-U já está chegando, então vou esperar por ele”. Admita, foi exatamente assim, não foi?

Comigo também foi assim, até mais ou menos umas 3 semanas atrás, quando peguei um Nintendo Wii numa dessas promoções do dia na internet. Engraçado que meu primeiro impulso foi ver pesquisar quanto custava o console em seu preço normal (estamos no Brasil, leitor) e realmente o preço estava bem em conta. Fiz o pedido, paguei e no dia seguinte, bateu um certo arrependimento. “Droga! Não devia ter feito isso. Agora já foi.”

Bem, alguns dias depois, lá estava meu Wii, embaladinho e pronto para ser desfrutado. Ao ligar o aparelho, o primeiro golpe na cara: a qualidade na imagem. Eu já sabia que o Wii não reproduzia imagens em HD, mas aquilo foi FROM HELL. Eu que já estava acostumado com uma imagem linda em HD tive que me contentar com uma imagem de “cabo composto” na tela. Quem já leu meus posts, sabe que eu tenho um PS3 e realmente prezo por uma boa imagem.

Quando fui procurar pelo jogo que acompanharia o aparelho, outra surpresa: Não vinha um jogo incluso. Mexendo um pouco mais na caixa, encontro um cartão com 1000 Wii Points pra gastar. Eu pensei logo: “Caraca, 1000 pontos. Eles devem ser suficientes para comprar um bom jogo na rede virtual da Nintendo“. Ledo engano. Procurei pelos jogos tops da loja virtual, esperando pegar pelo menos um Zelda ou Mario da linha AAA da Nintendo. Consegui um Zelda, mas o primeiro, do Nintendinho, e por 500 Wii Points (O.O). Até que não foi algo ruim, já que nunca tinha jogado. Como não conhecia muito os jogos que estavam a disposição na rede virtual, busquei um que usasse os sensores de movimento do aparelho. No fim das contas peguei um jogo, também por 500 pontos, que é só um Point-N’-Click (Aponte e Clique) que não gostei.

Outro aspecto que é muito estranho no começo é o controle do Wii. Se você nunca jogou, acredite: é esquisito. Num primeiro momento dá até vontade de desistir se você não tiver um pouco de paciência. Foram muitas as vezes que perdi o cursor do Wiimote na própria tela. Como old gamer, devo dizer que demorei um pouco para me habituar com essa novidade. OK, eu admito. O principal motivo da compra desse novo console foram 2 jogos: Resident Evil Remake e Resident Evil Zero. Mas por que esses jogos tão velhos? Como fã da série, me sentia um herege por nunca tê-los jogado, além de possuir um certo desafeto pela Nintendo, por manter esses 2 títulos exclusivamente em suas plataformas. Como puderam ficar dois jogos canônicos da série apenas em versões de Game Cube e Wii? Ahhh… Enfim, foi por isso mesmo.

Depois de um certo arrependimento, já começo a ver os benefícios de ter um Nintendo Wii. Consegui um Resident Evil Remake e realmente há muitas diferenças entre ele e o original de 1996. Só não entendi porque ele não tem a resolução de tela em 16:9 como os outros jogos para Wii. Também experimentei Mario Kart Wii, Resident Evil The Darkside Chronicles e até mesmo Michael Jackson The Experience. Esse é recomendado para os sedentários de plantão.

Também descobri que o novo Wii-U da Nintendo não terá retrocompatibilidade com os jogos de Game Cube que o atual Nintendo Wii ainda tem. PS.: Alguns modelos mais recentes perderam essa característica. Atenção nesse detalhe se pretende comprar um, já que o Game Cube tem uma boa biblioteca de jogos. Ainda há muita coisa para testar como o novo The Legend of Zelda – Skyward Sword, outros Zeldas, Marios e alguns jogos. Ainda é cedo para dizer meu grau de satisfação com minha nova aquisição, mas está trilhando um bom caminho.


Sobre Valder Bomfim

Apaixonado por games desde os 5 anos de idade quando dei meu 1º soco em "Alex Kidd in the Miracle World" e sonhando que um dia conflitos armados possam ser feitos exclusivamente por ambientes virtuais ultra-realistas. Ando me desdobrando em 3 para seguir meus objetivos, que é atuar no setor de jogos nacional de alguma forma, se possível produzindo meus próprios projetos.

  • muito bom, tenho um x box 360, e estou querendo comprar um wii pela interação(multiplayer offline) e pelos redident’s evil.
    Post esclarecedor!

    • Lembrarei de avisá-lo. 😀
      Nós agradecemos a sua visita 😀