As aventuras de Tintim: O segredo do Licorne


5 Flares Facebook 0 Twitter 3 Google+ 2 Pin It Share 0 Email -- 5 Flares ×

 

O aventureiro Tintim e seu fiel companheiro Milu acompanharam a juventude de muitos com suas buscas pelo mistério e o perigo. Mas, para quem não sabe, Tintim foi criado em 1929 como personagem em quadrinhos por um cartoonista belga Hergé e ficou conhecido como As aventuras de Tintim.

helosaaraujo_as_aventuras_de_tintim_o_segredo_do_licorne.31.01

Se você acompanhou As aventuras de Tintim nas telinhas todos os dias pela manhã, então vai curtir o filme nostálgico As Aventuras de Tintim: O segredo do Licorne. Uma obra quase fiel ao desenho: Os personagens históricos, como os policias atrapalhados,  o cenário, e o todo o enredo. As associações (como um retrato a mão que um artista de rua faz de Tintim) ao desenho passam pequenas emoções trazendo lembranças de nossa infância. Efeitos, edição, trilha sonora e 3D, indispensáveis. MAS, em determinados momentos, o longa se demonstra um pouco cansativo. Algumas cenas de pura aventura (que deveriam ser) cansam, e como são cheias de detalhes, o espectador acaba se perdendo após muito tempo com muitos detalhes.

E ainda assim, como um filme bem produzido e com todo o seu histórico por traz dele, vale muito a pena assistir! 😉

Trailer:

Aos saudosos, assim como eu,  a abertura do desenho.


Sobre Helosa Araújo

Graduada em Publicidade e Propaganda e especialista em Moda e Comunicação pela Universidade de Fortaleza, eterna estudante e pesquisadora (tendo como principais temas a fotografia, sociedade, cultura e etnias) e dona do blog Tem Na Fotografia. Teve seu primeiro contato com a fotografia (propriamente dita) em 2005 e depois de trabalhar em vários setores da comunicação se entregou aos clicks em 2007 e hoje não sabe ver uma cena sem um determinado olhar crítico pensando em uma forma de enquadrá-la. Profissionalmente falando, Helosa vivia dividida entre várias categorias da fotografia, passeou como freelancer pela fotografia Social, de Moda, Publicitária, Newborn e Documental, hoje, repórter fotográfica do jornal Diário do Nordeste tenta cumprir o seu papel de comunicadora visual usando a fotografia como sua principal ferramenta.