O Extraterrestre de Allen Daviau


3 Flares Facebook 0 Twitter 1 Google+ 2 Pin It Share 0 Email -- 3 Flares ×

helosaaraujo_etoextraterrestreAllenDaviau.12.01

Um garoto chamado Elliott vive com a mãe e dois irmãos (uma menina e um menino). Em uma noite o menino ouve barulhos estranhos e imagina que há algo diferente acontecendo na garagem de sua casa. O curioso Elliott vai investigar e encontra um extraterrestre. Os dois ficam amigos e sua irmã mais nova ajuda o extraterrestre a se adaptar na vida no planeta terra. Conhecido como hóspede, o extraterrestre, depois de muitas aventuras, insiste em voltar para casa.

Allen Daviau

Essa sinopse talvez seja a mais famosa do mundo. Não só isso, a trilha mais famosa e a frase chave “E.T., telefone, minha casa” também é a mais conhecida. E eu sei que você nem duvida. Agora é a vez de Allen Daviau, diretor de fotografia deste filme que marcou época na década de 80.

Há exatamente 30 anos, E.T. – O Extraterrestre foi lançado e foi direto para a lista dos clássicos, e superou as expectativas de qualquer espectador, fazendo todos chorarem de emoção ao ver aquela pequena garotinha (Drew Barrymore) apegada a um extraterrestre (o único E.T. que jamais metia medo). Em uma outra hora, comentarei mais sobre detalhes da produção do filme, agora vamos focar no que interessa… Allen Daviau (70), diretor de fotografia.

Daviau se envolveu bastante com o filme (assim como toda a produção cinematográfica), mas percebemos a intimidade que acabou sendo gerada durante o filme. O envolvimento do filme com o diretor de fotografia é genial, quando isso acontece, os quadros e cenas ganham mais valor e emoção. E isso fez toda a diferença no filme.

Filmografia de Allen Daviau – Sua filmografia além de muito vasta (de acordo com IMDB), então, vamos resumir:

1967 – Slipstream (operador de câmera)

1975 – Everything you know is wrong (Diretor de fotografia)

1977 – Contatos Imediatos de terceiro grau (Diretor de fotografia)

1987 – Império do Sol (Diretor de fotografia)

1984 – Adeus a Inocência (Diretor de fotografia)

1982 – E.T. – O Extraterrestre (Diretor de fotografia)

1982 – Indiana Jones e o templo perdição (Diretor de fotografia)

1987 – Um hóspede do Barulho (Diretor de fotografia)

1991 – Um visto para o Céu (Diretor de fotografia)

2004 – Van Helsing – O Caçador de Monstros (Diretor de fotografia)

2010 – The Caretaker (Diretor de fotografia)

Veja a lista completa em IMDB

Não posso deixar de comentar (o que você também deve ter percebido) que, apesar do seu magnífico trabalho, se não fosse por E.T. – O Extraterrestre em sua filmografia, Allen Daviau não teria tido seu reconhecimento. Os outros filmes, eu particularmente conheço poucos.

 


Sobre Helosa Araújo

Graduada em Publicidade e Propaganda e especialista em Moda e Comunicação pela Universidade de Fortaleza, eterna estudante e pesquisadora (tendo como principais temas a fotografia, sociedade, cultura e etnias) e dona do blog Tem Na Fotografia. Teve seu primeiro contato com a fotografia (propriamente dita) em 2005 e depois de trabalhar em vários setores da comunicação se entregou aos clicks em 2007 e hoje não sabe ver uma cena sem um determinado olhar crítico pensando em uma forma de enquadrá-la. Profissionalmente falando, Helosa vivia dividida entre várias categorias da fotografia, passeou como freelancer pela fotografia Social, de Moda, Publicitária, Newborn e Documental, hoje, repórter fotográfica do jornal Diário do Nordeste tenta cumprir o seu papel de comunicadora visual usando a fotografia como sua principal ferramenta.