Sobre a Sexta temporada de The Walking Dead e seu final 1


1 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 1 Pin It Share 0 Email -- 1 Flares ×

sexta temporada de the walking dead - 01Salve, salve, nerdalhada. Faz tempo que não faço uma análise de final de temporada de qualquer série, mas acredito que essa Sexta temporada de The Walking Dead tenha sido relevante (e instigante) o suficiente para me fazer sentir a vontade necessária para escrever, escrever e escrever. Então vamos lá as minhas considerações de toooodaaaa essa zona que virou The Walking Dead em sua sexta temporada. Ah, antes de mais nada, deixo claro que o texto é REPLETO DE SPOILERS da Sexta Temporada.

Sexta temporada de The Walking Dead: Primeira vez novamente.

sexta temporada de the walking dead - 02Na segunda metade da quinta temporada de TWD, havíamos sido apresentados a comunidade de Alexandria, que dentre outras atratividades, a maior façanha era a de “emular” uma vida normal (ou quase isso) em meio a todo aquele apocalipse zumbi maroto. É verdade que com a escassez de alimentos e mantimentos em geral faziam-se necessárias as expedições para-lá-da-muralha de Alexandria, mas de resto, até onde se sabia, estava tudo em paz. O primeiro episódio da sexta temporada quebra esse sentimento de tá tranquilo, tá favorável, pois já mostra uma “mina de zumbis” achada pelo Rick e o Morgan.

Esse episódio, inclusive, não linear, mostra o plano bolado pelos Alexandrianos de redirecionar aquela cambada de zumbis para bem longe de Alexandria, o que fez muita gente se perguntar por que cargas d’água eles não aproveitaram que todos aqueles zumbis estavam ilhados, para simplesmente passarem fogo em todos eles. Parando pra pensar, imagina a fogueira que aquele montante de carne morta não iria gerar e chamar a atenção de algo pior, os vivos. Bem, era óbvio que esse plano iria dar em merda em algum momento, e o momento exato foi o de um ataque surpresa a Alexandria que acabou na morte de muitos figurantes sem importância, inclusive o motorista do caminhão que tinha a intenção de entrar portão adentro, e que acabou sendo interceptado antes, mas mesmo assim sendo competente o suficiente para fincar a cabeça na buzina do caminhão fazendo com que parte da horda de zumbis, que estava sendo tangida por Rick e Companhia, desviasse o caminho direto para Alexandria.

Esse evento é o catalisador para os eventos seguintes de boa parte da sexta temporada de The Walking Dead, pois as consequências dele seguem ao longo de toda a temporada. A consequência imediata é de mais uma vez os sobreviventes estarem separados. Alguns continuam com o plano de levar os zumbis para longe, como é o caso de Daryl, Abraham e Sasha, outros acabam desviando do caminho e tendo que buscar uma alternativa para chegar em Alexandria, como é o caso de Glenn, Michonne, Heath, Scott e Nicholas, enquanto Rick segue sozinho ainda tentando desviar o máximo possível de zumbis da rota para Alexandria. Por fim, mas não menos importante MESMO, temos os que ficaram em Alexandria tentando sobreviver ao ataque dos Lobos (Wolves), um grupo de sobreviventes meio amalucados mas com alguns miolos a menos.

Sexta temporada de The Walking Dead: Os destaques pré último episódio.

Não vou me ater a todos os detalhes de toda a temporada por que não é esse o objetivo desse artigo, mas tentarei elencar alguns pontos dela que considerei importantes.

Thank You

sexta temporada de the walking dead - 03O terceiro episódio que deixou muita gente desolada, mas que no final das contas serviu apenas para gerar uma tensão prolongada. O que foi isso? Foi o grupo de Glenn e Michonne se separando e um pouco adiante Glenn e Nicholas acabando ficando encurralados, fazendo com que Nicholas se matasse e Glenn logo em seguida fosse supostamente sucumbido pela horda de zumbis.

Enquanto isso Alexandria era atacada pelos Lobos e o Morgan além de deixar alguns deles escaparem com vida, havia prendido outro numa cela improvisada em Alexandria.

Here’s not Here

sexta temporada de the walking dead - 04O controverso episódio do passado recente de Morgan antes de se reencontrar com Rick em Alexandria é o típico “Ame ou Odeie”. Sendo o quarto episódio da sexta temporada de The Walking Dead, Here’s not Here mostra toda a trajetória de Morgan da loucura parcial até ao momento atual de paz e amor. Enquanto o episódio aparentemente não colabora muito com a narrativa dos eventos atuais per se, ele sem sombra de dúvidas ajuda a enriquecer a história desse personagem tão multidimensional.

Morgan, que estava em estado psicótico de sobrevivência, chegando a matar até mesmo um pai e um filho, acaba encontrando uma cabana onde um homem chamado Eastman vivia. Ao contrário de Morgan, esse Eastman é um homem bem centrado e praticante de Aikido. Eventualmente ele acaba conseguindo “domar” o Morgan selvagem e o treina nas artes do Aikido e na filosofia de “Toda vida é preciosa”. Claro, como já era de esperar, bonzinho só se fode, e foi o que aconteceu com o coitado do Eastman que morreu tentando ajudar o Morgan boladão. Todo um episódio para mostrar por que o Morgan capturou um dos Lobos e o prendeu em vez de matá-lo aos padrões dessa nova sociedade(sic).

Eventos isolados pré Mid Season Finale

Dito os eventos que considerei mais relevantes, pontuarei aqui outros até o Mid Season Finale de forma resumida.

  • Antes de voltar para Alexandria, Rick é atacado pelo grupo de Lobos que o Morgan permitiu que fugissem.
  • Enquanto procuram por Glenn, Maggie revela a Aaron que está grávida.
  • Daryl se separa de Sasha e Abraham após eles serem emboscados por um outro grupo.
  • Durante o ataque dos lobos a Alexandria, Enid (a adolescente xarope) foge da comunidade.
  • Daryl é capturado, consegue escapar e ao tentar recrutar os seus raptores, acaba perdendo a Besta e a sua moto.
  • Abraham consegue achar um lança míssil enquanto esperavam Daryl numa cidade próxima onde eles se separaram.
  • Glenn aparece vivo depois de alguns episódios e encontra Enid, e juntos vão em direção a Alexandria.
  • A torre da igreja danificada desaba sobre uma parte do muro de Alexandria fazendo com que uma horda de zumbis invada a comunidade

Mid Season Finale – Start to Finish

sexta temporada de the walking dead - 05Depois da queda do muro de Alexandria, o caos se instaura na comunidade, e mais uma vez um bocado de figurantes vê o fim das suas curtas carreiras. Rick, Michonne, Carl, Deanna e o padre Gabriel se refugiam na casa de Jessie, para logo descobrir que a ex-líder de Alexandria havia sido mordida. Em outro ponto da comunidade, Carol se refugia na casa de Morgan só para descobrir que Denise estava tratando os ferimentos do Lobo que o Morgan estava mantendo secretamente em cárcere. Carol tenta dar cabo do Lobo mas acaba sendo interceptada pelo Morgan, que por sua vez é interceptado pelo próprio Lobo. O Lobo então pega Denise como refém.

O mid-season acaba com uma cena tensa da Deanna sendo deixada para trás, enquanto o restante do grupo usa o já conhecido “disfarce zumbi” para sair da casa no meio da horda de zumbis, enquanto o filho da Jessie acaba chamando pela mãe deixando aquele ar de que vai dar merda no próximo episódio.

No Way Out

sexta temporada de the walking dead - 06A segunda metade da Sexta temporada de The Walking Dead já começa com um encontro de Daryl, Sasha e Abraham com os Saviors. Esses tais Saviors (nome bem irônico, inclusive) fazem parte de um grupo que, segundo esses vistos em No Way Out, respondem a um cara chamado Negan. Talvez esse grupo seja o mais ofensivo já apresentado na série, o que logo de cara dá um certo medo do que esses “rednecks” serão capazes de fazer com esses três sobreviventes. Por sorte, e por muita habilidade, o Daryl consegue resolver todo o problema com um belo tiro de lança míssil e os Saviors voltam ao pó.

Do lado de Alexandria é que a coisa fica tensa, já que a comunidade está tomada pelos zumbis e nem fudendo que os que ali estão teriam condições de acabar com todos eles em condições normais de temperatura e pressão. Bem, contrariando o bordão do deputado Tiririca, a coisa piora quando o pirralho da Jessie resolve entrar em pânico lembrando das palavras carinhosas da Carol, o resultado não poderia ser pior, já que o pivete é abocanhado por um zumbi, a Jessie grita e também é abocanhada na sequência, e como ela estava segurando a mão do Carl, o Rick é obrigado a engolir o choro e dar algumas machadadinhas no pulso dela para salvar o seu próprio filho. Vendo isso, Ron, agora declaradamente o último dos sobreviventes da família Anderson, aponta a sua arma para o Rick e logo é atravessado pela Katana marota da Michonne, mas não antes de ser FELA DA POTA o suficiente para arrancar o olho direito do Carl com um tiro acidental.

sexta temporada de the walking dead - 07Essa sequência é uma das mais “gores” de toda a série até aqui, além de bastante sufocante também, já que tudo acontece ininterruptamente. Daí em diante segue o grupo que restou desesperado pra levar o Carl para uma casa mais próxima e já na sequência o Rick fica malucão e sai da mesma pra fatiar o “restante” dos zumbis lá fora, outros o seguem e quando tudo parecia um grand finale antes da obliteração deles, chega Daryl, Sasha e Abraham e improvisam um fogaréu acendido com um tiro de lança míssil (meio exagerado, se me permitem opinar)  atraindo a atenção da maioria dos zumbis que lá estavam.

The Next World e episódios seguintes

Não esperava que o texto fosse ficar tão longo, mas cá estamos já ultrapassando as 1500 palavras (IMMA SORRY).

Após o final de No Way Out, a série dá um salto no tempo de 2 meses e, ao contrário do episódio anterior, o feeling de tranquilidade parece ter voltado a reinar em Alexandria. Tá todo mundo zen. Rick de barba feita, Carl de olho ausente devidamente enfaixado, Michonne morando com eles e, ao que me lembro, nem sinal da Judith pela casa (mas supostamente ela está por lá).

sexta temporada de the walking dead - 08Daryl e Rick saem para buscar suprimentos e encontram um personagem que se apresenta como sendo Jesus – não o próprio, apesar das aparências (disfarçando as evidências… OH, WAIT!), um cara meio suspeito que acaba roubando o RV (veículo recreativo) deles, mas que logo é capturado e levado como prisioneiro para Alexandria. O cara é safo o bastante para aparecer na manhã seguinte no quarto onde Rick e Michonne dormiram como vieram ao mundo, IYKWIM.

Depois disso, segue um breve resumo (por que eu já escrevi bem além do que deveria):

  • O grupo conhece a comunidade de Hilltop
  • Eles fazem um acordo para acabar com os Saviors e o Negan em troca da metade dos mantimentos de Hilltop
  • Rick e companhia lideram um ataque surpresa a suposta base dos Saviors
  • Carol e Maggie são capturadas por um pequeno grupo dos Saviors
  • Carol e Maggie conseguem se livrar desse pequeno grupo de Saviors
  • Daryl, Rosita e Denise saem em busca de suprimentos e na volta Denise é morta
  • Carol decide deixar Alexandria devido ao peso que sente pelos últimos assassinatos que cometeu
  • Daryl sai para se vingar da morte de Denise. Glenn, Michonne e Rosita o seguem para impedi-lo. Todos são capturados.
  • Morgan e Rick partem em busca de Carol, mas Rick acaba voltando só pra Alexandria deixando a busca com o Morgan
  • Maggie começa a sentir fortes dores abdominais sugerindo, talvez, um aborto.
  • Carol sofre uma emboscada de alguns Saviors mas consegue matar quase todos.

Last Day on Earth – Season Finale

E cá chegamos no derradeiro episódio da sexta temporada de The Walking Dead, Last Day on Earth.

sexta temporada de the walking dead 09

O episódio divide-se entre o grupo de Rick que vai em direção a Hilltop para dar assistência a Maggie que precisa de atenção médica, e a jornada de Morgan em direção a Carol que debandou de Alexandria. Apesar da maior importância ser dada ao grupo de Rick, que passam o episódio todo dando de cara com os Saviors em suas rotas alternativas para Hilltop, o núcleo Carol e Morgan também tem um desfecho bem interessante, dada as várias camadas de complexidade que foram sendo adicionadas a essa personagem tão multifacetada que é a Carol, portanto irei falar primeiro dos eventos desse núcleo, para depois falar da ala Rick e companhia.

Logo no início Morgan encontra Carol encostada numa escadaria com um ferimento grave na região abdominal, resultado da troca de tiros com os Saviors (inclusive vocês não acharam muito exagerado o que a Carol fez com todos aqueles Saviors na caminhonete?). Morgan faz um curativo, mas não consegue convencer a Carol a voltar com ele, apesar de continuar insistindo na vibe zen dele, Carol deixa claro que vai chegar o dia que ele vai precisar matar para salvar seus amigos. Morgan se distancia por um tempo de onde eles estavam, e Carol some. O único Savior sobrevivente do massacre perpetuado pela tia Carol finalmente a alcança e a desarma, além de dar uns tiros em alguns de seus membros. Quando o cretino está perto de matá-la, para o azar dele (e da Carol, de certa forma), o Morgan aparece e o mata lindamente com alguns headshots. Daí surgem alguns personagens cobertos de acessórios de proteção, e o arco deles se encerra aí.

sexta temporada de the walking dead 10

Observação: Curti o change of heart do Morgan na hora de precisão. É bom ter alguém querendo trazer o bom do que existia da humanidade antes do apocalipse zumbi, mas não a ponto de pôr a vida dos demais em risco, né?

Voltando para a ala Rick, uma das coisas que dá pra perceber logo que o grupo dá de cara com o segundo grupo de Saviors na estrada, é que essa galera tem um número ABSURDO de integrantes. É verdade que me incomodou um pouco o plano arquitetado para fazer essa emboscada, já que não me pareceu nem um pouco verossímil, e digo isso respeitando obviamente a suspensão de descrença necessária para aquele universo.

Todo aquele lance de começar o episódio com um cara sendo caçado, para logo então colocá-lo no meio da pista para assustar quem quer que passasse por ali. De passar um spray sobre o seu corpo como um foreshadowing para um evento que aconteceria logo adiante no episódio, me pareceu MUITO forçado, mesmo que à primeira vista tenha soado inventivo. Fiquei aqui com as seguintes questões:

  • Eles já esperavam que o grupo do Rick aparecesse ali naquele dia?
  • Se sim, o que (ou quem) teria levado eles a crer que isso aconteceria?
  • Ainda sobre a primeira hipótese, eles sabiam que a primeira tentativa de chegar a Hilltop seria por aquela rota?

Fiquei com essas dúvidas por que não percebi nenhum indício de que faria sentido eles, como grupo adversário, se organizarem daquela forma naquele dia específico na esperança de capturar o grupo do Rick. Lembrando que os quatro que haviam sido capturados, ainda nem haviam sido dados como desaparecidos até aquele momento, tão é que eles só percebem que eles podem ter sido capturados quando encontram as flechas e uma trança do cabelo da Michonne naqueles zumbis acorrentados na estrada.

sexta temporada de the walking dead - 11Bem, críticas mimimi à parte, chegamos ao ponto onde a gasolina está próxima de acabar e o Eugene decide servir de isca enquanto o resto do grupo seguiria a pé em direção a Hilltop. Boa redenção, Eugene, mas o plano dá deveras errado, e no final das contas todo mundo acaba sendo capturado e a trupe é apresentada ao líder Negan.

Apesar do Negan da série não ser desbocado como o da HQ, devo dizer que o trabalho do ator Jeffrey Dean Morgan foi bem convincente e o seu monólogo trouxe a tensão necessária àquela situação. Por falar em atuação, palmas também para a do ator Andrew Lincoln que conseguiu transparecer muito bem um Rick quebrado e completamente desesperançoso. No final das contas, a chocante e conhecida cena dos quadrinhos, a qual o personagem Glenn é trucidado pela Lucille, não veio a existir, pois terminamos a temporada sabendo apenas que a Lucille desceu em alguém, mas só saberemos em quem em Outubro desse ano na sétima temporada de The Walking Dead.

E você, o que achou do final da sexta temporada de The Walking Dead? Achou covarde como uma boa parte dos telespectadores? Sentiu uma imensa vontade de quebrar sua TV? Diz aí nos comentários a sua opinião.

  • Alfred Pennyworth

    gleen:punke meu queixo negan
    negan:caraleo gleen errei!