Mangás da Semana – Bleach 644


8 Flares Facebook 3 Twitter 4 Google+ 1 Pin It Share 0 Email -- 8 Flares ×

Bleach 644 - Mayuri

E agora chegou a vez de falar de Bleach 644, o mais novo capítulo dessa semana. Como já era esperado, o capítulo começa exatamente de onde o anterior parou, mas isso conversaremos propriamente adiante. Lembrando que em todos os posts da nossa sessão Mangás da Semana sempre HAVERÃO SPOILERS!

Bleach 644 – Baby, Hold Your Hand 6 – Never Ending My Dream

Se por um lado o Kubo Tite está surpreendendo em estar conseguindo manter a atenção em um núcleo por vez, por outro lado ele continua nos presenteando com incontáveis clichês mal trabalhados e pouco inovadores. Eu sei que parece redundante chamar um clichê de não inovador, mas não é exatamente assim que a banda toca. No próprio One Piece que semanalmente voltamos a comentar por aqui, não é nada incomum ver esse artifício de roteiro ser usado. A grande diferença é que o Oda sabe trabalhar tão bem o seu próprio roteiro, que mesmo um dos clichês mais clichês existentes, como aquele do herói que está nas últimas e mesmo assim consegue derrotar o seu algoz, é feito de tal forma que nos convence facilmente de que aquilo é genial. Quer um exemplo? Lembre-se da batalha entre o Luffy e o Rob Lucci, foi exatamente utilizando esse velho clichê que o Luffy conseguiu chegar ao seu êxito, mas unido a elementos externos e um bom jogo de cintura, o Oda conseguiu fazer toda a diferença.

Voltando ao assunto central, que é o Bleach 644, vemos a forma ruim de se utilizar um clichê, que no caso é o Pernida ter conseguido dar um golpe final no Mayuri, tomando assim as suas pernas com os seus nervinhos lá. Aí vem uma solução bem conveniente de dizer que a Nemu estava trazendo consigo duas cápsulas maiores do que dois homens adultos e lá dentro estavam o Capitão Hitsugaya Toushirou e aparentemente a sua sub-capitã, Matsumoto. Essas tais cápsulas servem como containers regenerativos bem similares àqueles tubos cheios de líquido de Dragon Ball. Lembram? E como eles são regenerativos, por que não trocar esses dois novos regenerados combatentes pela recuperação do Mayuri e do Zaraki, né? Aliás, qual foi a finalidade do Zaraki até aqui, hein? Servir de cobaia para o Mayuri entender os poderes do Pernida, talvez? Fica a dúvida.

Bleach 644 - Hitsugaya e Matsumoto

Bleach 644 - ikkaku e yumichikaNesse interlúdio, ainda deu tempo de tanto o capitão Hitsugaya agradecer ao Mayuri, quanto os próprios Ikkaku e o Yumichika. Isso faz com que o Mayuri fique de alguma forma, mesmo que discreta, lisonjeado. Ainda entrando no modo repouso em sua cápsula, ainda dá tempo para ver o seu orgulho com os resultados da evolução da Nemu, que o faz pensar que finalmente ele deu um passo fora da sombra do seu eterno rival, Urahara Kisuke (isso eu achei legal, confesso).

Por falar em Urahara, na mudança de quadro, o foco agora é o grupo dele que é composto por ele mesmo (dããã), o capitão Kyoraku, a sub-capitã Nanao, o capitão Shinji e os sub-capitães Rukia e Renji. Todos eles estão correndo e sentindo que a presença de alguns sub-capitães está desaparecendo um a um, e isso faz com que o capitão Kyoraku tome uma decisão extrema de parar para achar a localização do inimigo. O inimigo no caso é aquele Quincy atirador de elite que eu não lembro o nome e não tive ânimo para ir atrás. Quando o capitão Kyoraku para, ele imediatamente o detecta, mas em troca leva um tiro certeiro, ou ao menos aparentemente, já que duas páginas adiante ele aparece todo pimpão nas costas desse inimigo, que consegue esquivar do seu ataque mas tem o cano de sua arma cortada. E aí fica o clímax para a próxima luta prolongada, o que em termos de capítulos de Bleach deve significar pelo menos uns 6 capítulos. ¯\_(ツ)_/¯

E vocês? O que acharam? Comentem aí e vamos movimentar essa sessão de Mangás da Semana.

Bleach 644 - Kyoraku e o quincy atirador de elite