Mangás da Semana – One Piece 801 1


0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Email -- 0 Flares ×

one piece 801 - topo estátuas dressrosaE cá estamos nós com mais um capítulo semanal de One Piece para a nossa alegria. Antes de mais nada, gostaria de dizer que o grande diferencial desse One Piece 801 é a IMENSA quantidade de informação em relação aos últimos capítulos. Portanto, já prevendo um possível longo post, vamos ao que interessa, ok? Lembrando que em todos os posts da nossa sessão Mangás da Semana sempre HAVERÃO SPOILERS!

One Piece 801 – Proclamação de uma Nova Era

one piece 801 - rob lucciAs primeiras páginas desse capítulo definem o característico final de arco, onde os últimos pingos nos i’s são colocados, e podemos perceber mais claramente o impacto que a aparição dos Chapéu de Palha deixou naquele local. No caso de Dressrosa, antes desse momento conclusivo, ainda sobrou espaço para uma breve conversa entre dois membros da CP-0 (Cipher Poll Aigis 0) e um outro agente do outro lado do Den-Den Mushi. No caso a conversa é sobre um grande estoque de armas que foi surrupiado por possivelmente alguma organização, que sabemos bem que se trata do Exército Revolucionário liderado aqui pelo Onii-Chan, Sabo. A surpresa dessa conversa é que esse terceiro interlocutor, apesar de não mostrar seu rosto claramente, existe 99% de chance de se tratar do talvez ex CP 9, Rob Lucci. Aliás, há a grande possibilidade de um dos agentes da CP-0 que estão em Dressrosa ser o Spandan (corrijam-me se estiver errado).one piece 801 - spandan

Voltando para o momento conclusivo do arco de Dressrosa, em meio a uma narrativa poética, o reino é mostrado agora em harmonia, ao som da dança da Viola e do bater de palmas dos que ali estão na plateia de sua apresentação. Outro ponto de harmonia é mostrar que a tribo Tontatta e os humanos vivem agora lado a lado. Uma pausa aqui para reparar num simples quadro onde um cidadão pergunta se o Leo vai realmente fazer aquilo, ao que o mesmo responde que sim. O que será isso? Algo que veremos só anos depois desse momento ou no quadro a seguir? Fica a dúvida. O Rei Riku prepara-se para o Reverie (Conselho Mundial), enquanto as estátuas do guerreiro Lucy e do Deus Usopp são criadas e colocadas ao lado da do lendário guerreiro de Dressrosa, Kyros.

Partindo para o lado do grande oceano, Fujitora conversa com Sengoku sobre seus próximos passos, e afirma que só volta para o Quartel General da Marinha com a cabeça de Law e Luffy, ao passo que Sengoku pede para que ele deixe de ser cabeça dura e simplesmente peça desculpas ao Almirante de Frota Sakazuki, que o mesmo prontamente iria lhe aceitar de volta. O Almirante cego, no entanto, é irredutível. No mesmo galeão (aparentemente), Tsuru conversa com Doflamingo que está totalmente acorrentado. O mesmo denuncia Fujitora como um idiota, que acabou perdendo a única chance de ter colocado aqueles “merdinhas” no lugar deles. Aqui não fica exatamente claro se ele estava falando dos Chapéu de Palha e do restante que os ajudou a salvar Dressrosa, ou se ele se refere na verdade aos Tenryuubitos. Digo isso por que ele continua o falatório dizendo que ele mantinha a rédea dos monstros do mundo, e que ele não deveria ter sido preso, pois logo logo eles (a Marinha) irão se arrepender.

A Tsuru pergunta-o o que acontecerá com o mundo dos piratas, e ele então responde com outra pergunta:

Já que eles perderam a mão que os alimenta (Doflamingo realmente se considerava aquele que mantinha o caos do mundo sob controle), o que os monstros do mundo farão? Quem agora domina os mares? Serão os Yonkos? Será algum Shichibukai? Serão os novos piratas da pior geração? Ou seria a Marinha? Ou mesmo o Exército Revolucionário? Além deles, a família D sempre está envolvida com os grandes acontecimentos da história, quem vai unir forças? Quem vai trair quem? Diga isso aos Tenryuubitos empoleirados nas suas torres suntuosas em Mariejois! Seus malditos, vocês irão ser arrancados dos seus tronos de ouro! Já faz 25 anos que o Gol D Roger governou a Grand Line, seu arqui-inimigo Barba Branca nunca ascendeu àquele trono, ele sempre governou ajoelhado diante dele. E agora? Aos olhos desses incontáveis piratas que infestaram os mares só existe um único trono. E você (Tsuru) sabe o que isso significa, certo? Deve começar! A maior que esse mundo jamais viu. Uma guerra pela supremacia.

Depois desse longo discurso, o “Mingo” percebe que eles estão a caminho de Impel Down e que desejaria ver o jornal todos os dias, para acabar com o tédio. No quadro a seguir, não muito distante dali, um navio pirata avista os quatro navios de batalha que estão escoltando o Doflamingo, e o pirata responsável por ter avistado informa então ao capitão desse navio que atende pelo nome Jack, que eu confesso que achava que era a primeira vez que esse nome havia sido mencionado em One Piece, mas conversando com o Mr. Caio do OnePieceEx e o Marcelo Guaxinim do Scicast, acabei descobrindo que esse nome já havia sido dito lá na saga de  Punk Hazard. Ao que dá a entender, esse Capitão Jack é subordinado ao Donquixote Doflamingo e nesse exato momento pretende resgatá-lo de 4 mutherfuckin’ navios de batalha.

one piece 801 - going luffy senpai

Finalmente chegamos no grupo do Luffy, que agora dispersou do restante dos seus novos subordinados e está pegando carona no navio do seu fiel FÃ, Bartolomeu. Devo dizer que esse, ao menos pra mim, é o ápice desse capítulo. O humor do Oda nesse momento é impecável, ele acerta em todos os pontos ao nos apresentar não só à tripulação do Bartolomeu, como também ao seu navio TODO ESPECIAL. Devo estar quase tão eufórico quanto o próprio capitão da tripulação Barto Club, mas vou tentar descrever de forma objetiva. Logo de cara somos apresentado ao Going Luffy Senpai, que nada mais é do que um navio todo personalizado com uma figura de proa com nada menos do que o próprio Luffy, as observações do Usopp nesse primeiro momento são impagáveis, e o Bartolomeu junto ao seu (talvez) imediato reparando atentamente para onde está apontando um vivre card designado ao Luffy é de borrar as calças.

Por falar na tripulação do Bartolomeu, ver que todos eles tem exatamente a mesma admiração pelo Luffy é outra coisa que faz você bolar de rir fácil. Seguindo a história, vemos que Sabo deixou com Luffy um grande cartão que serve de Vivre card do qual ele tirou alguns pedaços para dar aos seus novos companheiros, inclusive o Bellamy, que apesar de não aceitar ser subordinado do Luffy, pegou um papelzinho “just in case”. Enquanto isso Law avisa a Bartolomeu que é importante que eles se dirijam para a ilha de Zou o mais rápido possível, mas antes de terminar esse capítulo recheado de informação, ainda sobrou espaço para o Zoro perceber que a recompensa do Luffy aumentou, e para a tripulação do Bartolomeu mais uma vez arrancar risada do leitor ao dispor um tapete para o Luffy para que o mesmo vá até a sala dele e veja os novos cartazes de procurado. Bartolomeu disse que pegou o do Law mas jogou fora, mas diz que a sua nova recompensa é de 500 milhões de berries, caso ele queira saber. Apesar do Law dizer que não se importa, o quadro sutil e o olhar que ele faz denunciam o contrário.

one piece 801 - recompensas 01

one piece 801 - recompensas 01b

one piece 801 - recompensas 02

E aqui chegamos aos novos cartazes de recompensas, todos eles com imagens atualizadas, assim como os valores. Luffy agora com 500 milhões, Zoro com 320 milhões, Robin com 130 milhões, Franky com 94 milhões, Deus Usopp com 200 milhões, Sanji com 177 milhões, Nami com 66 milhões, Brook com 83 milhões e Chopper com 100 berries, com o único detalhe que agora a recompensa do Sanji é dada apenas caso ele seja capturado vivo. E é com esse novo mistério que o One Piece 801 chega ao fim. E aí? O que vocês acharam desse capítulo da semana? Semana que vem tem mais.