POWER/RANGERS une Starbuck e Dawnson no melhor filme feito por fã EVER!


13 Flares Facebook 8 Twitter 3 Google+ 2 Pin It Share 0 Email -- 13 Flares ×

power-rangersPOWER/RANGERS é aquele tipo de curta metragem feito por fã, que pega todo mundo de assalto, e desconstrói da forma mais épica possível toda uma franquia criada e pensada para o público infantojuvenil. Nesse curta metragem dirigido pelo Joseph Kahn, mais conhecido pelos seus trabalhos com clipes musicais de artistas famosos como Eminem, U2, Lady Gaga e tantos outros, Kahn transforma (ou morfa) aquele plot bobinho e alegre do Super Sentai americano(sic) Power Rangers, em uma sanguinária e violenta experiência, digna de um Tarantino com baixo orçamento.

Para assumir os papéis de destaque desse curta metragem de aproximadamente 14 minutos, temos o ator americano James Van Der Beek (popularmente conhecido por protagonizar a série teen Dawson’s Creek) interpretando o ex ranger vermelho Rocky, e a atriz Katee Sackhoff (que interpretou a female fatale Starbuck em Battlestar Gallactica) que assume o papel da ex ranger rosa Kimberly. Nesse universo alternativo de POWER/RANGERS, o Rocky deixou de ser mocinho e passou a ser vilão, e após capturar a Kimberly, o mesmo a interroga em um ambiente High-Tech, em busca do paradeiro do ex-ranger verde Tommy.

O resultado final ficou excepcional, nos fazendo imaginar como seria um universo onde a famigerada Alameda dos Anjos não fosse assim… tão angelical. Ao longo do curta temos notícia do que aconteceu a cada um dos ex-integrantes do grupo, com direito a algumas surpresas e plot twists interessantes. Se você envelheceu o suficiente para não apreciar mais os atuais Power Rangers, mas sente aquela nostalgia característica ao lembrar das primeiras versões dos super heróis coloridos, talvez esse POWER/RANGERS seja a melhor forma de você imaginá-los amadurecidos e definitivamente mais sanguinários (ou apenas sanguinários, já que a sua versão original nunca foi e nem nunca pretendeu ser).

Esse que vos fala acha que Joseph Kahn deveria ganhar carta branca para criar um longa nesses mesmos exatos moldes.