Mangás da Semana – Bleach 597


8 Flares Facebook 5 Twitter 2 Google+ 1 Pin It Share 0 Email -- 8 Flares ×

bleach 597 - 01Salve, salve, nerdalhada. Eu sei, eu sei, estou fazendo o Bleach 597 do Mangás da semana apenas agora, mas ando pecando FEIO com a atualização dessa sessão que criei há algum tempo atrás, e a maior prova disso é que o mangá atual de Bleach já se encontra no capítulo 601 e já às vésperas da chegada do 602. Por isso, peço-lhes perdão pela demora, motivos eu devo dizer que os tenho de sobra, mas isso não vem ao caso. Tentarei dar continuidade aos posts dessa sessão em uma sequência de velocidade extraordinária, ainda seguindo o padrão de posts únicos. Portanto, vamos ao que interessa e mãos na massa.

Como estou com vários capítulos atrasados dos 3 mangás, irei ser o mais sucinto possível e evitarei me estender muito nos comentários ou principalmente sequência passo a passo dos acontecimentos. Lembrando que em todos os posts da nossa sessão Mangás da Semana sempre HAVERÃO SPOILERS!

Bleach 597 – Winded by the Shadow

Lembram-se da Quincy que eu não lembrava o nome, bem, logo no começo do capítulo o próprio nos lembra quem se trata, que no caso é a Liltotto (falo A Liltotto, mas não tenho certeza do gênero da personagem, tendo em vista o apreço do Kubo Tite pela androginia). Resumindo a bagaça, a tal Liltotto está enfurecida, e está disposta a se livrar do Pepe por tentar matá-la, fazendo alguma abertura bizarra com a boca que não é revelado exatamente o que é.

Corta a cena então para a dimensão do Palácio do Rei, com a chegada do Yhwach que agora está enfrentando Kirinji, um dos membros da guarda real. Bem, Kirinji está atacando incansavelmente o tal Yhwach, mas nenhum dos seus ataques parece estar sequer chegando perto dele, sem que nem mesmo o próprio Yhwach precise esquivar. O Rei dos Quincys revoltados então continua a sua caminhada sem se preocupar com Kirinji, até que em sua frente aparece mais uma guerreira, também da Guarda Real, que atende pelo nome de Senjumaru Shutara, e que vem acompanhada de mais alguns soldados.

A sequência dos eventos resume-se a uma frase clichê de “A quanto tempo, inimigo”, uma insolência do inimigo em não dar a mínima para as palavras recém proferidas, e uma ordem aos soldados de ataque ao Yhwach. Obviamente os ataques mais uma vez não conseguem chegar até o alvo, e finalmente é revelado o motivo: Mais um personagem escroto, chamado Nianzol Weizol, que fala como se estivesse com mais saliva na boca do que o humanamente aceitável, e possui duas línguas imorais.

Dessa vez a curta cena de finalização é voltada para onde estão Ichigo, Inoue, Sado, Yoruichi e Urahara, que se encontram em vias de fato de serem lançados para a dimensão do Palácio Real através de mais um daqueles canhões já conhecidos dos primórdios do mangá. Há então uma contagem regressiva e… é isso. Cabô!

Minhas considerações sobre esse capítulo e o que poderá vir a frente são: Ok, o capítulo foi ruinzinho, nada muito inesperado para quem já vem acompanhando Bleach há um certo… TEMPO. Não irei falar do que acho sobre o que virá pela frente, por que eu já os li, então não faria muito sentido, e assim farei com os demais capítulos dos outros mangás da semana. Até o próximo resumo em tempo recorde! 😀

bleach 597 - 02