Top 15: Melhores jogos baseados em franquias 2


14 Flares Facebook 8 Twitter 5 Google+ 1 Pin It Share 0 Email -- 14 Flares ×

E cá estamos com outra sessão aqui do Who’s Nerd? que estava verdadeiramente esquecida, mas que confesso que estava com bastante saudade dela. Sem muito mistério (até por que o título do post acaba com qualquer efeito surpresa), estamos de volta com a sessão Top 15, e dessa vez listaremos os 15 melhores jogos baseados em franquias, sejam elas de Cinema, TV, Livros, Quadrinhos ou outra fonte qualquer. Como essas listas tendem a ser polêmicas para alguns, não custa lembrar que ela não representa a opinião de todos os integrantes do whosnerd.com, tampouco serve como verdade absoluta sobre tudo o que você conhece, ela representa única e exclusivamente a opinião desse que vos escreve. Portanto, sem mais delongas, vamos a lista?

Top 15 – Jogos Baseados em franquias

Top 15 – Cadillacs and Dinosaurs

cadillacs and dinosaursSe você viveu plenamente como um gamer nos primórdios da década de 90, certamente você deve ter se esbarrado em algum momento com o jogo para Arcade Cadillacs and Dinosaurs, jogo esse da Capcom e no melhor estilo beat ‘em up. O que muita gente não sabe a respeito de Cadillacs and Dinosaurs é que o mesmo é baseado nos quadrinhos de Mark Schultz, Xenozoic Tales, que foi lançado nos meados da década de 80 e teve seu último volume criado no ano de 1996.

Top 14 – Mônica no Castelo do Dragão

monica no castelo do dragaoApesar de ser uma reprogramação do jogo original Wonder Boy in Monster Land, é inegável o fator diversão proporcionado pelo jogo Mônica no Castelo do Dragão, jogo esse criado para o saudoso console da Sega, Master System. Também é importante lembrar que àquela época, ver um jogo no nosso idioma era algo extremamente raro, e o trabalho de reprogramação da Tectoy foi muito além do que se esperava de uma empresa que nunca foi lá uma referência de excelência na produção de jogos.

Top 13 – Tom Clancy’s Rainbow Six: Vegas

tom clancys rainbow six vegasDevo dizer que sou um zero à esquerda quando o assunto é a série Rainbow Six, e apesar de já ter jogado momentaneamente alguns jogos da franquia, nunca cheguei a dedicar a nenhum deles mais do que alguns minutos. Independente desse pequeno probleminha, seria injustiça da minha parte não mencionar essa aclamada série de jogos de tiro em primeira pessoa tático baseada nas obras do finado Tom Clancy, principalmente o Rainbow Six: Vegas, que sem dúvidas é um dos mais bem pontuados pela crítica especializada.

Top 12 – One Piece: Pirate Warriors

one piece pirate warriorsLeitores de longa data do Who’s Nerd? irão estranhar essa colocação de um jogo de One Piece, mas devo dizer a vocês que estou apenas tentando ser justo com o meu senso crítico. Portanto, One Piece: Pirate Warriors, jogo de aventura e pancadaria no melhor estilo Musou para o PS3, resume uma grande parte da história do mangá One Piece e por adaptar tão bem um mangá (feito raro no ramo de jogos eletrônicos) e por ser bastante divertido também, One Piece: Pirate Warriors leva para casa (sic) a décima segunda colocação do nosso Top 15: Melhores jogos baseados em franquias.

Top 11 – Yu-Gi-Oh! True Duel Monsters: Sealed Memories

yu-gi-oh true duel monsters sealed memoriesLá pelo início dos anos 2000 (um pouco após o fim do mundo fracassar mais uma vez), uma animação japonesa baseada em um mangá estava fazendo um certo sucesso em terras ocidentais, e com isso faturando mais alguns trocados com a expansão de sua franquia em outras mídias. O PS1 também foi agraciado com alguns jogos da franquia Yu-Gi-Oh!, e lembro de ter jogado o Yu-Gi-Oh! True Duel Monsters: Sealed Memories por horas a fio no meu saudoso PS1, e como era bom jogá-lo, mesmo eu não sendo o maior fã da animação. Como vocês devem imaginar, o jogo era bem fiel ao funcionamento das batalhas de cartas conhecidas no anime, e era basicamente sobre isso, com alguma história de pano de fundo, que confesso não recordar absolutamente nada além de uns elementos egípcios.

Top 10 – Parasite Eve

parasite eveNão é de conhecimento de muita gente que Parasite Eve para PS1 é, na verdade, um jogo baseado em um premiado romance de ficção científica escrito por Hideaki Sena. As aventuras e desventuras de Aya Brea se passam no universo e na mitologia criada por Hideaki, e assim como a sua obra de origem, Parasite Eve em formato de jogo também foi muito bem recebido pela crítica especializada, arrancado vários elogios a saudosa Squaresoft em sua época de ouro. O jogo misturava elementos de RPG aos jogos de Survival Horror, que naquela época estavam no seu auge, e também contava com um plot mais adulto do que o convencional para os jogos da Squaresoft. Uma pena eu nunca ter dado a devida atenção a esse jogo quando ele era graficamente atraente.

Top 09 – Star Wars: The Force Unleashed

star wars the force unleashedDesde que George Lucas resolveu criar a famigerada saga de Jedis, Siths e criaturas fantásticas conhecida mundialmente como Star Wars, uma chuva de produtos derivados da mesma surgiu, e não seria de se espantar que jogos eletrônicos fizessem parte desse pacote. Star Wars possui vários jogos de alta qualidade, mas na minha opinião o que melhor trabalhou a essência do universo do tio Lucas, foi realmente o Star Wars: The Force Unleashed. Inserir um personagem original na antiga trilogia foi uma decisão que se mostrou ser muito acertada, e o resultado disso foi que a imersão no universo de Star Wars foi praticamente orgânica.

Top 08 – Kingdom Hearts

kingdom heartsKingdom Hearts é um caso atípico nessa lista, pois o mesmo não se restringe a adaptação de apenas uma franquia, mas de várias, inclusive franquias de mídias diferentes. Temos Pato Donald e Mickey das HQs da Disney, temos alguns personagens icônicos dos jogos da Square Enix e vários outros personagens de contos de fadas. Tudo isso misturado nos trouxe um surpreendente jogo original, com uma história envolvente e uma excelente jogabilidade.

Top 07 – The Walking Dead

the walking dead telltaleAcredito que desde Resident Evil 2 eu não me sentia tão imerso em um jogo de temática zumbi, quanto em The Walking Dead, o jogo da TellTale. Basta apenas alguns minutos de gameplay para você se sentir angustiado e com aquela constante sensação de desespero e abandono, mesmo quando estamos em momentos mais “sociáveis”. A verdade é que o pessoal da TellTale conseguiu transportar o universo criado por Robert Kirkman para os videogames com maestria, e sem sombra de dúvidas esse jogo é uma obra prima que merece ser jogado.

Top 06 – Batman: Arkham Asylum

batman arkham asylumAté o ano de 2009, o morcegão nunca tinha recebido um jogo realmente a altura do célebre personagem da DC Comics, no máximo um jogo mediano aqui e outro ali. Foi então que a Rocksteady Studios resolveu lançar para várias plataformas o memorável Batman: Arkham Asylum, e foi aí que, pela primeira vez na história dos games, o herói bilionário e soturno da DC teve a chance de brilhar em todo o seu esplendor. Com um storyline para lá de intrigante e uma jogabilidade viciante, Batman: Arkham Asylum recebeu com honra a sexta posição da nossa lista de melhores jogos baseados em franquias.

Top 05 – The Witcher 2: Assassins of Kings

the witcher 2 assassins of kingsDo desconhecido estúdio CD Projekt RED, surgiu o grandioso RPG The Witcher, que apesar de algumas falhas como loadings intermináveis e mais bugs do que qualquer jogo da Bethesda (erros esses que foram corrigidos no Enhanced Edition), nos trouxe uma história madura e um universo rico em detalhes. Aí, em 2011 é lançado a segunda versão da franquia, The Witcher 2: Assassins of Kings, trazendo inúmeras mudanças e muitas, mas muitas melhorias em todos os sentidos. Agora, enobrecendo os vossos conhecimentos mais um pouco, saibam que The Witcher é produto da obra literária do Polonês Andrzej Sapkowski, que é responsável pela criação de toda a mitologia dos Witchers. Vale lembrar que os quatro primeiros livros já foram traduzidos para Português e vocês podem encontrá-los aqui, aqui, aqui e aqui. (De nada).

Top 04 – Digimon World

digimon worldDigimon começou como um simulador de bichinhos virtuais, tal qual foram os famigerados Tamagochis, mas a verdade é que a franquia ficou mundialmente conhecida pela sua animação japonesa. Se a franquia Pokémon não tivesse começado já com os jogos, provavelmente algum jogo da série estaria ocupando essa posição, mas como a realidade é outra, devo dizer que Digimon World foi um dos jogos mais divertidos dessa franquia dos Monstrinhos Digitais, e os ex donos de PS1 que tiveram a oportunidade de jogá-lo podem confirmar o que estou falando. É uma pena que a franquia nunca mais se achou nos jogos eletrônicos depois de Digimon World. Imagino que com a capacidade dos consoles atuais ou mesmo dos PCs, seria possível criar um jogaço de Digimon para agradar qualquer um, fã ou não.

Top 03 – The Lion King

the lion king gameO terceiro lugar da nossa lista de melhores jogos baseados em franquias fica com o clássico The Lion King, mais conhecido aqui nas terras tupiniquins por O Rei Leão. O jogo homônimo baseado no filme da Disney foi lançado tanto para Super Nintendo (SNES), quanto para o Sega Genesis (Mega Drive), e sem querer entrar no mérito de qual versão era melhor (isso era um papo muito recorrente na época), a verdade é que o jogo era além de muitíssimo divertido, um colírio para os olhos e um deleite para os ouvidos. Por traduzir com eficiência um pouco da experiência vivida no filme da Disney e por trazer além disso uma dificuldade desafiadora, The Lion King fica em terceiro lugar sem muito esforço.

Top 02 – Spec Ops: The Line

spec ops the lineFugindo um pouco da temática mais “juvenil” e embarcando em um plot mais sombrio e adulto, cá estamos com o nosso segundo lugar da lista: Spec Ops: The Line. É muito triste saber que muita gente não jogou e talvez nunca vá jogar esse jogo, mas desconsiderando o fato de que ele realmente não inova nada em termos de jogabilidade para jogos do gênero de tiro em primeira pessoa, para os fãs de um enredo envolvente e até psicodélico, Spec Ops: The Line é sim um “must play”. A desconhecida Yager Development criou o jogo a partir de duas obras bastantes cultuadas, que são elas: Coração das trevas, livro de Joseph Conrad, e por conta disso, acabamos por ter várias referências ao filme Apocalypse Now, que também teve o livro de Conrad como material de inspiração. Por ser uma verdadeira jornada à loucura vivida por um pequeno grupo de soldados em meio a uma desértica e fictícia Dubai.

Top 01 – GoldenEye 007

goldeneye 007De todos os jogos da lista, nenhum teria a mínima chance de enfrentar de igual para igual o icônico GoldenEye 007 para Nintendo 64. A obra prima da Rare foi tão boa, que nem mesmo uma versão com gráficos de 10 anos depois foi capaz de captar a essência daquele jogo. Os gráficos, mesmo para a época, não eram lá os melhores, mas satisfaziam o seu propósito divinamente. Quantas horas será que você passou jogando GoldenEye 007? Eu não sei, mas só de procurar os vídeos dele no Youtube já me faz lembrar que passei muitas, mas muitas horas jogando no modo multiplayer no cenário Archives, ou na Facility. GoldenEye 007 inseriu um gênero nos consoles que era muito raro naquela época, que no caso é o de tiro em primeira pessoa (FPS), e o fez com maestria, pois esse título está entre os três mais vendidos do antigo console da Nintendo. Pelos prêmios que GoldenEye 007 ganhou, e por tudo o que ele representa em termos de jogos baseados em franquias, ele leva merecidamente a posição de primeiro lugar nessa lista, que não custa nada reforçar, é bastante pessoal.

  • Bruno Collyer

    007 – Goldeneye, na minha opinião, é o primeiro lugar inquestionável. Mas senti falta daquele Alladin da Capcon, que ele fugia da lava num tapete voador, dentro de uma caverna, jogando maçãs, he-he.

    • Também faltou o Mickey Castle of Illusion. Infelizmente em uma lista de apenas 15 sempre faltará um ou outro. Mas o espaço de comentários é pra os leitores soltarem as opiniões, ou mesmo as suas próprias listas! 😀