Breaking Bad ilustrado por Molnár Zsolt


15 Flares Facebook 1 Twitter 13 Google+ 1 Pin It Share 0 Email -- 15 Flares ×

Breakng Bad ilustrado foi o que procurei por todos os lados, para dividir com vocês, mas não encontrei. Assim que a série acabou, ou melhor, assim que o Sr. Who’s Nerd? e eu terminamos de assistir a série mais legal do universo, procurei inspirações de todas as formas, até então, só encontrava texto. Hoje, caiu de pára-quedas em meu colo uma linda ilustração do artista Molnár Zsolt.

Não estamos falando de simplesmente algumas ilustrações da série Breaking Bad do canal AMC, estamos falando de 62 ilustrações, um poster para cada episódio da série que teve 5 temporadas. Criatividade que não teve limites, o artista húngaro, misturou todas as suas sensações em cartazes minimalistas, cada um, ilustrando apenas um detalhe, ou uma frase icônica, ou objeto, ou cena, emoção. Uma sensibilidade sem tamanho.

A série ajuda, claro, tão cheia de elementos semióticos que provavelmente foram o principal incentivo para que Molnár Zsolt conseguisse eternizar a série em seus posters, que ficaram sensacionais. O artista criou, em exatamente 5 meses, novos jogos semióticos, novas linguagens imagéticas criativas, para nos fazer pensar sobre cada episódio, e por mais minimalista que sejam seus posters, são ricos em detalhes.

Aqui, selecionei 15 posters, mas você pode ver um por um no tumblr do Zsolt!

Enjoy!

molnar_zsolt-whosnerd molnar_zsolt-whosnerd2 molnar_zsolt-whosnerd3 molnar_zsolt-whosnerd4 molnar_zsolt-whosnerd5 molnar_zsolt-whosnerd6 molnar_zsolt-whosnerd7 molnar_zsolt-whosnerd8 molnar_zsolt-whosnerd9 molnar_zsolt-whosnerd10 molnar_zsolt-whosnerd11 molnar_zsolt-whosnerd12 molnar_zsolt-whosnerd13 molnar_zsolt-whosnerd14 molnar_zsolt-whosnerd15


Sobre Helosa Araújo

Graduada em Publicidade e Propaganda e especialista em Moda e Comunicação pela Universidade de Fortaleza, eterna estudante e pesquisadora (tendo como principais temas a fotografia, sociedade, cultura e etnias) e dona do blog Tem Na Fotografia. Teve seu primeiro contato com a fotografia (propriamente dita) em 2005 e depois de trabalhar em vários setores da comunicação se entregou aos clicks em 2007 e hoje não sabe ver uma cena sem um determinado olhar crítico pensando em uma forma de enquadrá-la. Profissionalmente falando, Helosa vivia dividida entre várias categorias da fotografia, passeou como freelancer pela fotografia Social, de Moda, Publicitária, Newborn e Documental, hoje, repórter fotográfica do jornal Diário do Nordeste tenta cumprir o seu papel de comunicadora visual usando a fotografia como sua principal ferramenta.