O Facebook comprou o WhatsApp. E tem mais…


29 Flares Facebook 17 Twitter 11 Google+ 1 Pin It Share 0 Email -- 29 Flares ×

facebook compra o whatsappTodos os sites e blogs de tecnologia (ou não), estão falando sobre o recente fato de que ontem, dia 19 de Fevereiro de 2014, o Facebook comprou o WhatsApp por míseros 19 bilhões de “obamas-super-informados”. Por que tanto alarde? Para que tanto blá blá blá por causa de apenas uma venda de um aplicativo pelo singelo valor de 19 bilhões de dólares? Alguns manifestantes brasileiros diriam: “Não é só por 19 bilhões de dólares“, mas isso nada tem a ver com o assunto em pauta, então perdoem-me por (mais uma vez) fugir do tema. Mas sim, é óbvio que a venda de um aplicativo, que basicamente está instalado em todo smartphone hoje em dia, por um preço absurdo desses, acaba se tornando o assunto do momento.

O Facebook comprou o WhatsApp por 19 bilhões de dólares e você aí batendo ponto no trabalho

O que muita gente não sabe, é que Brian Acton, antigo funcionário da Yahoo e cofundador do WhatsApp, já havia tentado trabalhar na empresa do garoto Mark Zuckerberg em 2009, o que felizmente acabou se tornando uma deliciosa rejeição. O mesmo também aconteceu com sua tentativa de entrada no Twitter, que no mesmo ano de 2009, resultou em um glorioso Não, no soup for you! Qualquer um ficaria chateado, desmotivado e sem vontade de cantar uma bela canção, mas não Brian Acton. Ele até tweetou suas duas rejeições das respectivas empresas, mas de uma forma bem sóbria e com espírito esportivo.

facebook compra o whatsapp

facebook compra o whatsappTalvez nem mesmo ele diria que quatro anos depois de suas tentativas fracassadas, ele estaria vendendo sua cria por 19 fuckin’ bilhões de dólares para uma das empresas que disse não a ele. A vida é sim, uma caixinha de surpresas no final das contas. Esse que vos escreve já imagina que o WhatsApp vai ser inundado por propagandas indesejadas.

[via TheNextWeb]