Ghostbusters III só de mentirinha


11 Flares Facebook 1 Twitter 9 Google+ 1 Pin It Share 0 Email -- 11 Flares ×

Sim, Ghostbusters III, mas só de mentirinha. Não, eu não estou aqui para fazer propaganda enganosa de um filme que todos queriam ver lançar, mas que nunca é lançado e no final todos caem na besteira de acreditar/se iludir pela informação e que fazem gerar milhares de pageviews. Ok, esse é meu objetivo, afinal aprendi na faculdade os 10 trilhões de mandamentos da comunicação e um deles diz respeito a propaganda enganosa.

Chega de blá blá blás, trata-se então de artes de um fã (claro, esses são os melhores), o francês ilustrador Frédéric Le Martelot, estava cansado da versão original e resolveu [ao trabalhar a criatividade] criar uma nova versão atualizada para o século XXI. Claro, eu ainda acho o Caça Fantasmas atualizado, a própria ideia de poder capturar um fantasma é totalmente tecnológica, mas os apetrechos dos nossos queridos personagens (Peter, Raymond, Egon e Winston) carregavam/usavam uns troços absurdos, nada evoluídos (somente para a época dos desenhos e filme – 1980 e 1984 respectivamente), e agora temos opções, como carros, armas e demais equipamentos mais atualizados.

Pronto, agora o que eles precisam para produzir o filme?

ghosts1-whosnerd ghosts2-whosnerd ghosts4-whosnerd ghosts5-whosnerd ghosts6-whosnerd ghosts8-whosnerd

Fonte: http://www.bluebus.com.br


sobre Helosa Araújo

Graduada em Publicidade e Propaganda e especialista em Moda e Comunicação pela Universidade de Fortaleza, eterna estudante e pesquisadora (tendo como principais temas a fotografia, sociedade, cultura e etnias) e dona do blog Tem Na Fotografia. Teve seu primeiro contato com a fotografia (propriamente dita) em 2005 e depois de trabalhar em vários setores da comunicação se entregou aos clicks em 2007 e hoje não sabe ver uma cena sem um determinado olhar crítico pensando em uma forma de enquadrá-la. Profissionalmente falando, Helosa vivia dividida entre várias categorias da fotografia, passeou como freelancer pela fotografia Social, de Moda, Publicitária, Newborn e Documental, hoje, repórter fotográfica do jornal Diário do Nordeste tenta cumprir o seu papel de comunicadora visual usando a fotografia como sua principal ferramenta.