A Vida Secreta de Walter Mitty


27 Flares Facebook 16 Twitter 10 Google+ 1 Pin It Share 0 Email -- 27 Flares ×

david_arrais_a_vida_secreta_de_walter_mitty_01.2014.01.13E aí, nerds? Antes tarde do que nunca, que tal saber o que esperar de A Vida Secreta de Walter Mitty, um dos filmes mais bacanas do ano?

A Vida Secreta de Walter Mitty

O Cinema é capaz de nos surpreender e emocionar com todo tipo de história. Porém, tão importante quanto a história é a forma como ela é contada. E A Vida Secreta de Walter Mitty, escrito por Steve Conrad a partir do conto de James Thurber, dirigido e estrelado por Ben Stiller, é um ótimo exemplo disso.

O filme conta a história de Walter Mitty (Ben Stiller), o responsável pelos negativos das fotos publicadas na revista Life, que costuma sonhar acordado com grandes acontecimentos. Mas, na vida real, Walter leva uma vida medíocre e rotineira. O evento mais diferente que ocorre em sua vida é o seu cadastro num site de relacionamentos, e isso por descobrir que Cheryl Melhoff (Kirsten Wiig), uma colega de trabalho, também está inscrita no site.

Quando a revista encerra sua publicação convencional para ter apenas publicações online, o emprego de todos os seus funcionários fica em risco. Com isso, o grande fotógrafo Sean O’Connel (Sean Penn), colaborador habitual da revista solicita que sua foto, que representa a essência da vida (um trocadilho que perde o sentido na tradução para o português), seja a capa da última edição impressa a ir às bancas. Porém, há um pequeno contratempo: o negativo da foto foi perdido.

david_arrais_a_vida_secreta_de_walter_mitty_poster.2014.01.13E a busca por esse negativo irá provocar mudanças substanciais na vida de Walter. Para tentar encontrá-lo, ele viaja por vários países, como a Islândia, Groenlândia e até mesmo ao Himalaia.  Contudo, ainda que o roteiro desenvolva bem o personagem de Walter, e das pessoas próximas a ele, comete alguns deslizes. Um bom exemplo é a introdução de personagens estereotipados e unidimensionais, como o executivo Ted Hendricks (Adam Scott) ou a irmã de Walter, a tresloucada Odessa (Kathryn Hahn). Há também um uso inadequado de referências, como a citação desnecessária de O Curioso Caso de Benjamin Button, que destoa completamente do clima da produção.

Nos aspectos visuais, a obra é soberba. A fotografia desempenha papel importante no desenrolar da trama, na diferenciação dos devaneios da vida real de Walter. A paleta de cores, constantemente fria e escura muda radicalmente quando ele começa a “delirar”, ou na presença de Cheryl, indo para o vermelho, amarelo e laranja.

A direção de arte também colabora na compreensão do dia a dia de Walter. O mundo colorido e animado em que vive (em sua mente) é constantemente contrastado com o clima frio e estéril do interior dos escritórios da revista, bem como a decoração do novo apartamento de sua mãe, em contraponto à sua primeira casa.

O figurino também desempenha papel semelhante, mostrando a evolução do protagonista, saindo da roupa antiquada do escritório por vários tipos de vestimenta, até o traje informal que utiliza no final da projeção.

Os efeitos visuais são executados com perfeição e ainda assim soam discretos. Cumprem seu papel dentro da narrativa, sem jamais sobrepujar o que é visto em tela. Os pássaros que formam o rosto de Cheryl, o ataque de tubarões e a erupção do vulcão estão entre os momentos marcantes da história.

david_arrais_a_vida_secreta_de_walter_mitty_02.2014.01.13Se visualmente o filme é espetacular, sua trilha sonora não deixa por menos. Além do trabalho de Theodore Shapiro, a seleção musical é eclética e certeira, indo de David Bowie a Arcade Fire, passando por Jack Johnson e Junip. A reinterpretação de Space Oddity é um dos grandes momentos do longa.

Ben Stiller surpreende em sua performance contida, longe (quase sempre) do histrionismo que marca sua carreira. Ele consegue contracenar sem fazer feio diante de astros do quilate de Shirley MacLaine e Sean Penn. Kirsten Wiig também não decepciona. E se Patton Oswalt surpreende como o agente do site de relacionamentos, Adam Scott parece limitado, por mais uma vez ter que interpretar “o babaca” da história.

david_arrais_a_vida_secreta_de_walter_mitty_03.2014.01.13Se Ben Stiller surpreende como ator, seu trabalho de direção é igualmente admirável. Algumas sequências, especialmente aquelas de transição entre as cenas, são dignas de aplauso, como a saída dos passageiros de um trem, uma grandiosa cena de luta e perseguição ou a espetacular descida de skate em uma longa ladeira na Groenlândia. Além disso, ele mantém a coesão da narrativa, com alguns planos semelhantes a fotos clássicas da própria revista Life.

A Vida Secreta de Walter Mitty: Ben Stiller surpreende em sua performance contida, longe (quase sempre) do histrionismo que marca sua carreira.

E outra demonstração de grande talento do diretor é o fato de construir o filme de modo que, aos poucos, o espectador aprenda a lê-lo. A transição da vida sem graça de Walter até sua conquista final é perceptível apenas pela mudança nas cores e enquadramentos ao longo do desenvolvimento da história. E o encerramento, com fotos de produção das dezenas de locações, encerra com chave de ouro essa bela história de coragem e superação.