Sony anuncia Playstation Now e concorrente do Oculus Rift


20 Flares Facebook 6 Twitter 11 Google+ 3 Pin It Share 0 Email -- 20 Flares ×

igor_queiroz_sony_playstation_now.2014.01.10Na CES 2014 a Sony anunciou finalmente o Playstation Now, justificando de uma vez por todas a compra do serviço de streaming de jogos Gaikai. O tal serviço, como já se deve imaginar, vai servir para que a Sony consiga distribuir seus jogos antigos através de suas plataformas PS4, PS3, PS Vita, Mobile (que precisarão de Dual Shock para acessar o serviço) e outros serviços. Alguns jogos como The Last of Us, Beyond: Two Souls, God of War: Ascension e Puppeteer já estão a mostra na CES, e pelo que já vi por aí, o próprio The Last of Us rodando lisinho em um PS Vita.

Playstation Now, enfim justificando a compra do Gaikai

O serviço que pretende rodar no PS3, PS4 e PS Vita, já tem sua fase de beta fechado marcada para o final de Janeiro desse ano de 2014, onde terá o PS3 como cobaia rodando jogos em streaming apenas nos Estados Unidos. Existe também a promessa de liberar o serviço para o resto da plebe já no verão de 2014. Duas modalidades serão possíveis, a de alugar jogos individualmente através do serviço, ou fazer uma assinatura do Playstation Now e ter acesso a um grande leque de jogos (o sonho de qualquer um que viveu na década de 90). Além das plataformas de jogos, a Sony também pretende estender o Playstation Now para outros aparelhos, como por exemplo as suas Smart TVs da linha Bravia.

igor_queiroz_sony_hmz_t3q.2014.01.10Ainda na CES 2014, além do Playstation Now, a Sony também revelou sua nova empreitada tecnológica. Seguindo o hype do momento, que é o renascimento do termo realidade virtual, a Sony apresentou o seu próprio hardware de Realidade Virtual, nomeado por enquanto apenas como HMZ-T3Q. O novo brinquedinho da Sony chegou para competir diretamente com o nosso já conhecido Oculus Rift, e ao que tudo indica, pela imagem de divulgação na CES, em seus primeiros momentos está se disfarçando de um gadget para não gamers. Esse que vos escreve acredita na capacidade da Sony de inovar as novidades alheias.

[via Joystiq e GamesBeat]